Alemanha lidera por equipes na abertura de WEG

TRYON, EUA — Sem surpresas, o primeiro dia de competições por equipes no adestramento dos Jogos Equestres Mundiais (WEG) terminou com a liderança do time da Alemanha, com a amazona Jessica von Bredow-Werndl e a égua trakehner de 11 anos TSF Dalera BB campeãs do dia.

tryon_2018_patrocinadores

Nessa terça (12/9), a alemã Jessica von Bredow-Werndl foi a 11ª a entrar em pista, ainda de manhã, e fez 76,677%, tirando a primeira colocação (74,581 %) que Spencer Wilton e Super Nova II, do Reino Unido, haviam acabado de conquistar. Esta dupla ficou nas primeiras posições até o meio da tarde, quando a também alemã Dorothee Schneider com Sammy Davis Jr. fez 75,062%.No entanto, ela ficou pouco na segunda colocação, pois na sequência entrou Juliette Ramel com Buriel K.H. levando o segundo lugar com 75,248%.

No início das provas, competiram dois conjuntos por país e alguns individuais. Para o ranking por equipes, já foi descontado o pior resultado. A Alemanha lidera com 76,677%, nota de von Bredow-Werndl; seguida da Suécia, com a nota de Ramel e Buriel K.H. Em terceiro, os Estados Unidos contabilizaram a melhor nota, que foi de Adrienne Lyle e Salvino (74,860% e 4º no individual) e o Reino Unido, em quarto, usou a nota de Wilton e Super Nova, que ficaram em 5º no geral.

Holanda está em quinto; Espanha em sexto; Dinamarca em sétimo; Austrália em oitavo; Canadá em nono; Bélgica em décimo; Suíça em 11º; Portugal em 12º; Japão em 13º; Brasil em 14º e Rússia em 15º. Os brasileiros Leandro Silva e Giovana Pass competiram na quarta — leia matéria completa. O Brasil estreou em WEG em 2002, em Jerez de la Frontera (Espanha), levando apenas um conjunto. representou o País. Desde a edição de Lexington, no Kentucky (EUA), em 2010, o País é representado no individual e também por times, mas sempre ficou na última colocação por equipes.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um total de 38 conjuntos competiu nessa quarta (12/9) e outros 39 entram em pista na quinta, quando serão conhecidos os vencedores de 2018. Na abertura dos Jogos, 14 conjuntos tiveram notas acima de 70%. Da Bélgica, Isabel Cool desistiu da prova depois que Aranco V se assustou no meio do percurso. A amazona deixou a pista sendo bastante aplaudida pela plateia.

As provas de GP que definem o placar por equipes segue nesta quinta-feira (13/9). Contando os dois dias de provas, um total de 77 conjuntos disputam uma vaga Pedro Manuel Tavares de Almeida compete às 9h45 e João Victor Marcari Oliva entra às 14h27, ambos horários locais (uma hora a menos que Brasília). Acompanhe os resultados aqui. ou aqui.

Definido pela Federação Equestre Internacional (FEI), o júri para o adestramento conta com sete titulares, um reserva, um delegado técnico e um comissário chefe. Anne Gribbons, sueca de nascimento, mas que representa os Estados Unidos, é a presidente do júri que contará com Mariette Sanders-Van Gansewinkel (Holanda), Andrew Gardner (Grã Bretanha), Katrina Wuest (Alemanha), Annette Fransen Iacobaeus (Suécia), Hans-Christian Matthiesen (Dinamarca) e Susan Hoevenaars (Austrália) . Thomas Lang, da Áustria, é o juiz reserva; a canadense Cara Whitham será a delegada técnica e Elisabeth Williams, dos Estados Unidos, a comissária chefe. Também dos EUA, Elisabeth Williams será a representante do adestramento no comitê de recursos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.