Presidente da FPH: federados pelo adestramento aumentaram 31,17%

O presidente da Federação Paulista de Hipismo, Gabriel Nicolau Khoury, avalia como positiva a temporada 2018 no adestramento e ressalta o aumento de 31,17% no número de federados da modalidade desde 2016. Em entrevista ao Adestramento Brasil, Khoury disse que os valores das taxas não devem mudar para 2019 e falou sobre a necessidade de se divulgar mais o adestramento.

Adestramento Brasil: Como você avalia a temporada de 2018 no adestramento na FPH?
Gabriel Nicolau Khoury: Houve um crescimento no número de participações, devido ao fácil acesso às etapas, que foram realizadas nas entidades, sendo assim, o custo fica reduzido.

O que houve de melhorias em 2018, o que não foi legal e pode ser melhorado?
As melhorias foram as próprias etapas [dos rankings internos] que pontuaram para o Campeonato Paulista e Troféu Eficiência. Com relação às melhorias, estamos em tratativas para buscar incentivos.

O que a FPH prevê de melhoria para o adestramento para 2019?
Uma forte divulgação e busca de incentivos e/ou patrocínios.

Como aumentar o número de conjuntos no adestramento? É uma modalidade mais técnica, mas, sendo a base do hipismo, não acha que há espaço para incrementar o número de participantes? O que pode ser feito?
Divulgando o esporte como um todo, apresentando os benefícios da modalidade. O grupo da diretoria já está trabalhando para que possamos divulgar o esporte e melhorar a informação para captar novos atletas, patrocínios, parcerias etc. Na gestão atual, o número de atletas federados vem crescendo; atingimos 31,17% de incremento desde 2016, passando de 77 para 101.

Uma das reclamações dos praticantes é com relação ao valor da federação. No adestramento paga-se (cavaleiro e cavalo) praticamente o mesmo valor que no salto, mas com um número muito inferior de provas — o CPA teve 11 etapas . Há espaço para redução de custo?
O número de provas de salto no estado de SP já reduziu muito, e não tem muita diferença da modalidade adestramento. As taxas da FPH estão congeladas desde 2016 e manterá com mesmo valor em 2019. As categorias da modalidade também foram modificadas para isentar vários atletas. O registro é uma taxa estatutária, então, a base da mudança deve vir a partir dos concursos e não nos registros.

Com relação ao paraequestre, em 2018, houve retomada, o que foi visto com bastante entusiasmo, mas o campeonato paulista ainda com poucos conjuntos. O que será feito para fomentar a modalidade?
Assim como as demais modalidades, estamos avaliando como faremos uma forte divulgação. O paraequestre retomou com 100% de adesão passando de três para seis participantes. A tendência ao fazer a modalidade mais conhecida será aumentar o número de praticantes.

Quando será o Troféu Eficiência e haverá prêmios como a premiação referente a 2017?
A premiação do Troféu Eficiência ainda não tem data marcada, mas será semelhante a anterior. Provavelmente, será no mês de junho e os prêmios serão nos mesmos moldes.

Foto: site FPH

Anúncios

2 respostas para ‘Presidente da FPH: federados pelo adestramento aumentaram 31,17%’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.