Preliminar é a série mais disputada na abertura da Copa Santo Amaro

Copa-CHSA-patrocinadores-seloCom 35 conjuntos inscritos, a 1ª etapa da Copa Santo Amaro de Adestramento, chamada de 4Horses&People, abriu a temporada 2019 de competições. A série preliminar foi a mais disputada, com cinco conjuntos na categoria amador, vencida por Alessandra Chebl Sadek, com Diadorado pelo CHSA, e quatro na profissional, com Roberto Souza Filho (foto), com Priuss pela Estância do Dunga, na liderança.

A prova teve no júri de campo as juízas FEI 4* Sandra A. Smith de Oliveira e Natacha Waddell e o juiz FEI 2* Márcio Navarro de Camargo.

Neste ano, a Copa Santo Amaro tem oito etapas, uma a mais que em 2018, e iniciou antes. “Fizemos junto com o Torneio de Verão, começando já em fevereiro”, disse Luciana Marques, diretora de adestramento do CHSA. Ela também destacou as melhorias que o clube está fazendo para aprimorar as dependências do adestramento.

“Fizemos a drenagem da pista da distensão e, para a próxima etapa, o piso de alto rendimento da pista dois já estará pronto. Assim, teremos duas pistas oficiais de alto rendimento e prontas para provas”, afirmou, completando que o CHSA vai sediar neste ano o Campeonato Brasileiro, um CAN no aniversário do clube e o Paulistão, uma prova nova no calendário e que ocorre junto com o concurso homônimo de salto.

“Para a primeira prova do ano, eu achei o número de inscritos bastante bom. Vimos algumas provas bem bacanas e, infelizmente, ainda alguns cavaleiros que, na minha opinião, estão errando na escolha da reprise onde se apresentam”, assinalou a juíza internacional FEI 4* Natacha Waddell.

“Acho uma pena ter cavaleiros que poderiam ter desempenho melhor na média 1 se apresentarem na média 2 e cavaleiros que poderiam ter desempenho melhor em uma preliminar estarem se apresentando na média 1, onde as exigências já mudam. As notas poderiam ser melhores, se as pessoas estivessem mais consciência do nível que elas têm de se apresentarem”, ressaltou.


Confira entrevista com Ana Bazeggio, da 4Horses&People, patrocinadora da etapa

A diretora de adestramento da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), a juíza FEI 4* Sandra A. Smith de Oliveira, também ressaltou a quantidade de inscritos. “A prova estava muito bem organizada. É bom ver as pessoas animadas para a temporada e vimos conjuntos novos, o que também é muito bom. Como forma geral, alguns cavalos poderiam estar mais impulsionados, montados mais para frente para evoluir as notas, mas fiquei bem contente com o que vi; são detalhes que [se resolvem] pegando ritmo de prova de novo”, afirmou.

“É importante participar das provas, inclusive as nacionais, porque é quando os cavaleiros mais novos podem aproveitar a isenção do selo para entrar em CANs, conhecer como funciona o circuito, pontuar no ranking da CBH,é importante para evolução dos conjuntos”, acrescentou.

Já o também juiz internacional Márcio Navarro de Camargo (FEI 2*) destacou a presença de conjuntos dos níveis pônei, estreante e iniciante. “São cavaleiros novos, é importante tê-los participando para garantir o futuro do adestramento”, disse. Camargo lembrou que na primeira prova, após um período quando muitos proprietários dão férias aos animais, os cavalos se apresentam depois de pouca fase de treinamento, mas disse ter gostado do nível.

Acompanhe a página especial com a cobertura completa da temporada 2019 da Copa Santo Amaro de Adestramento

Copa Santo Amaro
Para disputar a oitava edição da Copa Santo Amaro de Adestramento, os conjuntos têm de participar de, pelo menos, cinco das oito provas do calendário. A classificação será feita pela somatória dos índices porcentuais das etapas, com três descartes dos menores porcentuais. Diferentemente de anos anteriores, não há etapa obrigatória e nem provas com peso dois. Serão consagrados campeões e vice em cada série e categoria.

De acordo com o regulamento (veja documento aqui), cada cavalo pode ter duas participações em cada etapa, exceto nas séries estreante e pônei, nas quais os animais podem executar até três participações, sendo duas como estreante. Já o número de cavalos por concorrente é livre.

Criada pelo CHSA, a reprise estreante é voltada para aqueles que estão começando na modalidade. A prova exige a execução de figuras ao passo e ao trote, não tendo galope. Confira aqui a reprise.

17 de fevereiro: 1ª etapa – 4Horses&People  => Programa | Ordem de entrada | Resultados

 

Anúncios

2 respostas para ‘Preliminar é a série mais disputada na abertura da Copa Santo Amaro’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.