Entenda a lógica por trás dos nomes dos cavalos

ATUALIZADA — Você já deve ter notado que os nomes dos cavalos puro sangue lusitanos (PSL) obedecem a uma lógica. Mas sabe dizer como ela funciona? Adestramento Brasil explica!

Basicamente, é preciso saber duas regrinhas. A primeira é que o calendário do ano equestre é diferente do tradicional: ele vai de 1° de julho a 30 de junho do ano seguinte. A segunda é que para cada ano equestre designa-se uma letra do alfabeto para iniciar o nome do cavalo. Fácil, né?

Para os cavalos nascidos no Brasil e que façam parte do stud book brasileiro da raça puro sangue lusitano (SBBPSL) é obrigatório o registro de nomes que se iniciem com a letra correspondente ao ano para todos os produtos da mesma geração. As letras devem ser sequenciais do alfabeto português, portanto, excluindo-se as letras K, Y e W.

Assim, um animal nascido em setembro de 2012 e um nascido em fevereiro de 2013 terão nomes começando pela letra I. Já o nascido em julho de 2013 deverá ter o nome com a letra J.

Os nomes são de livre escolha do proprietário, que deve enviar sua opção ao SBBPSL. O proprietário também pode acrescentar um sufixo próprio de sua marca devidamente legalizada e em posição aprovada pelo stud book.

No caso dos cavalos da raça brasileiro de hipismo (BH), o animal pode ser registrado com um nome de livre escolha de seu proprietário no stud book brasileiro do cavalo de hipismo (SBBCH), com ou sem sufixo ou prefixo do criador.

Em ambos os casos, às associações reserva-se o direito de censura para os nomes que julgarem impróprios, inconvenientes ou em caso de repetição. São vetados, por exemplo, nomes iguais aos de animais vivos já registrados, exceto quando distinguidos por sufixo; que contenham mais de 26 letras ou algarismos ou mais de três palavras; de personagens famosos ou de notoriedade mundial; que possam causar incidentes ou serem ofensivos a pessoas, religiões ou nações; de marcas ou firmas comerciais ou que tenham o fim de propaganda; considerados obscenos ou vulgares; cuja significação tenha duplo sentido ou que se preste à falsa significação; que representem números ordinais; e que afetem crenças religiosas.

Saiba mais:

Anúncios

Uma resposta para “Entenda a lógica por trás dos nomes dos cavalos”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.