Categoria: Paraequestre

Brasileiro de Paraequestre reúne 20 conjuntos de cinco federações e apenas oito passam dos 60%

Disputado em São Paulo, o Campeonato Brasileiro de Adestramento Paraequestre reuniu 20 conjuntos inscritos representando federações de Brasília, São Paulo, Paraná, Goiás e Minas Gerais, entre os dias 18 e 21/11, na Sociedade Hípica Paulista. Foi apenas um conjunto a menos que a edição de 2021, mas uma federação a mais. Chamou a atenção o fato de os porcentuais finais médios terem, em geral, índices bastante inferiores aos registrados no Campeonato de 2021, com apenas oito concorrentes acima dos 60%.

Continue lendo “Brasileiro de Paraequestre reúne 20 conjuntos de cinco federações e apenas oito passam dos 60%”

Yvonne Losos de Muñiz eleita para comitê de atletas da FEI

O brasileiro Rodrigo Pessoa foi eleito para o comitê dos atletas da Federação Equestre Internacional (FEI) no salto e, no adestramento, a vaga foi ocupada por Yvonne Sylvia Losos de Muñiz, da República Dominicana. O anúncio foi feito no primeiro dia da Assembleia Geral da FEI, que está sendo realizada, de forma híbrida — pela internet e presencialmente na Cidade do Cabo (África do Sul) — de 10 a 13 de novembro.

Continue lendo “Yvonne Losos de Muñiz eleita para comitê de atletas da FEI”

FEI aprova calendário para 2023; 7 CDIs e CPEDIs no Brasil

A secretária-geral da Federação Equestre Internacional,Sabrina Ibáñez, aprovou o calendário da FEI para todas as disciplinas para 2023. Constam sete concursos internacionais de adestramento e de paraequestre a serem realizados no Brasil no próximo ano, começando com um CDI 2* e CPEDI 2* em março. Todos os internacionais estão programados para ocorrer na cidade de São Paulo.

Continue lendo “FEI aprova calendário para 2023; 7 CDIs e CPEDIs no Brasil”

CDI 3* em Tatuí fecha seleção para Time Brasil; evento tem CAN e paraequestre

A próxima semana será agitada no Centro Hípico de Tatuí, no interior de São Paulo, quando ocorre o segundo e último concurso internacional para seleção dos conjuntos que integrarão a equipe que representará o Brasil nos Jogos Sul-Americanos 2022. Além do CDI 3*, haverá concursos nacionais de adestramento (CAN) e de adestramento paraequestre, válido como 2ª etapa do adestramento paraequestre da Federação Paulista de Hipismo e Troféu Eficiência, curso de juiz paraequestre com o FEI 5* pela Bélgica Freddy Leyman, clínica montada com o juiz FEI 5* por Portugal Carlos Lopez e curso de formação de classificadores.

Continue lendo “CDI 3* em Tatuí fecha seleção para Time Brasil; evento tem CAN e paraequestre”

Na despedida de Don Henrico, Riskalla é novamente único brasileiro a conquistar medalha no Mundial

Uma despedida para ficar na memória: depois da campanha exitosa com Don Henrico, que lhe rendeu medalha individual de prata nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, no ano passado, Rodolpho Riskalla finaliza o Campeonato Mundial de Adestramento Paraequestre de Herning com duas medalhas de bronze individuais. “Estamos super felizes e o cavalo, superbem. Apesar de ser a última prova dele, que tem 19 anos, ele está com vontade de fazer. Isso é muito gostoso de sentir”, contou ao Adestramento Brasil, desde a Dinamarca.

Continue lendo “Na despedida de Don Henrico, Riskalla é novamente único brasileiro a conquistar medalha no Mundial”