Tag: Taça Brasil

Campeonato Brasileiro tem competição por equipes mistas

Assim como em 2018, neste ano, o Campeonato Brasileiro também terá disputa por equipe entre os Estados. De acordo com a regra divulgada pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), para disputa em equipe, cada federação deverá nomear quatro conjuntos antes da inspeção veterinária, que será realizada na manhã do dia 21 de novembro. As equipes serão mistas, ou seja, podem ser compostas por cavaleiros de diferentes categorias.
Leia mais

CBA e Taça Brasil: CBH arcará com estabulagem dos animais de fora da capital de SP

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) divulgou o programa do Campeonato Brasileiro e da Taça Brasil de Adestramento que ocorrem de 21 a 24 de novembro no Clube Hípico de Santo Amaro. Conforme consta no programa, a título de ajuda custo, a CBH arcará com a taxa de estabulagem dos animais provenientes das entidades de fora da capital de São Paulo.
Leia mais

Seis conjuntos têm notas recordes na Taça São Paulo

A Taça São Paulo de Adestramento, realizada junto com a 2ª etapa do Ranking de Adestramento da Sociedade Hípica Paulista, válida como Troféu Eficiência, rendeu a seis conjuntos notas recordes em suas categorias e séries. A prova foi realizada no dia 13 de abril na Sociedade Hípica Paulista e reuniu pouco mais que 50 conjuntos.

Leia mais

Taça São Paulo pede reprises nº 1; saiba quem são os juízes

Rosalind Flosi de Vasconcellos Macedo, presidente, Marcio Navarro de Camargo e Sonia Elisabeth Hannsen são os juízes escalados para julgar a Taça São Paulo de Adestramento, que ocorre junto com a 2ª etapa do Ranking da SHP e conta pontos para o Troféu Eficiência. Leia mais

Quanto custa tornar-se apto para participar de provas estaduais e nacionais de adestramento?

Você já parou para pensar em quanto precisa desembolsar por ano para pagar as taxas das federações e das Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) para apenas tornar-se apto a competir em provas estaduais e nacionais? Adestramento Brasil fez as contas e chegou à conclusão que um amador ou profissional de São Paulo e está competindo em série superior à média 1 precisa pagar R$ 1.649 por ano para poder disputar as competições — isto se o conjunto representar uma entidade federativa, caso contrário, o valor será maior.

Leia mais