Mirando Tóquio, André Ganc estreia em GP com Último de Massa no AGDF

André Ganc estreou, nesta quinta-feira (20/02), em prova de grande prêmio (GP) com sua mais nova montaria, o puro sangue lusitano Último de Massa. O conjunto competiu em CDI 3* na sétima semana do tradicional Adequan Global Dressage Festival (AGDF), em Wellington (Florida, EUA), e ficou na 15ª posição (de 22 concorrentes) com média final de 61,826%. “Achei as notas justas. Foi muito produtiva a prova e [recebi] muita informação útil. Fiquei no meio da tabela e, por ser o primeiro GP do cavalo e a minha primeira prova com ele, não posso reclamar. Agora vou ter, finalmente, uma semana de treino até a próxima prova”, contou ao Adestramento Brasil. Leia mais

Revelados os ganhadores do Ranking CBH 2019

Os campeões do Ranking de Adestramento da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) referente a 2019 foram divulgados. Foram 26 categorias, de cavalos novos a especial, sendo que os representantes de São Paulo dominaram a premiação, com 20 vencedores.
Leia mais

CBH publica reprises nº1 traduzidas, mas com muitos erros

Faltando menos de 20 dias para o início da temporada 2020 de provas de adestramento — em 29 de fevereiro ocorrem a 1ª etapa da Copa Santo Amaro e a 1ª etapa do Ranking de Adestramento da Federação Hípica de Brasília (confira o calendário) — a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) publicou, por volta das 12 horas desta segunda-feira 10/02, apenas as traduções das reprises número 1; e há muitos erros nas traduções. Leia mais

Giovana Pass diz à TV que disputará vaga para Tóquio

A amazona Giovana Pass, que defendeu o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, afirmou, durante o programa Maratona Tóquio 2020, da Band Sports, que pretende disputar provas na Europa para tentar ocupar a vaga individual. Seu principal cavalo, o Eleito Plus, encontra-se na Espanha com seu treinador Claudio Castilla.
Leia mais

FEI confirma dois conjuntos brasileiros nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

O Brasil estará representado nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 com dois conjuntos. A Federação Equestre Internacional divulgou, nesta sexta-feita 7/2, a lista das nações classificadas e nela constam duas cotas para o Brasil competir no individual. O País perdeu a vaga por equipe para o Canadá. Depois de disputar CPEDIs na Europa, os brasileiros somaram 828 pontos e não conseguiram ficar à frente dos canadenses, que obtiveram 839.
Leia mais