Tag: João Victor Marcari Oliva

Brasileiros sobem no ranking FEI 2017

Todos os brasileiros que constam do ranking da Federação Equestre Internacional (FEI) dos atletas de adestramento subiram de posição durante o ano passado. O brasileiro mais bem classificado foi João Victor Marcari Oliva com Xamã dos Pinhais, que avançou cinco posições passando da 142ª para 137ª (1495 pontos). Leia mais

João Victor Oliva: “Europa é o polo do adestramento; é onde temos de ficar”

João Victor Oliva está há quase quatro anos morando, treinando e competindo na Europa. “Lá é o lugar onde tem mais concorrência, melhores treinadores e melhores competições. É o polo do adestramento e onde a gente tem de ficar, se a gente quer ser alguma coisa neste esporte”, disse em entrevista em vídeo ao Adestramento Brasil. Leia mais

Três brasileiros têm índices FEI para WEG 2018

A disputa por vagas na equipe que representará o Brasil nos Jogos Equestres Mundiais (WEG, na sigla em inglês) ganhou mais um candidato. Leandro Silva e Di Caprio alcançaram, no CDI3* de novembro, no Rio de Janeiro, os índices exigidos pela Federação Equestre Internacional (FEI) para competir em WEG 2018. Além de Silva, Giovana Pass e João Victor Oliva já têm o pré-requisito.   Leia mais

Giovana Pass e João Victor Oliva já têm índices FEI para WEG 2018

A disputa por vagas na equipe que representará o Brasil nos Jogos Sul-Americanos (Odesur) e nos Jogos Equestres Mundiais (WEG, na sigla em inglês) já começou. Giovana Pass e João Victor Oliva obtiveram os índices exigidos pela Federação Equestre Internacional (FEI) para disputar WEG 2018. Leia mais

João Victor Oliva faz 65.420% no GP CDI4* do CHIO Aachen

Único brasileiro a disputar no adestramento no CHIO Aachen, João Victor Marcari Oliva, de 21 anos, não obteve índice final para os Jogos Equestres Mundiais de 2018 (Tryon 2018) na disputa do Grande Prêmio CDI4*, realizado nesta quarta-feira (18/7). Oliva montou o lusitano Xamã dos Pinhais. No entanto, o cavaleiro obteve 66,100% com a juíza FEI 5* Anne Gribbons.  Leia mais