Tag: Luiza Tavares de Almeida

Rocas do Vouga usa quarentena para deixar cavalos novos prontos para provas

O período sem competições, devido à pandemia da Covid-19, tem sido frutífero para a Coudelaria Rocas do Vouga, que está aproveitando os meses da quarentena para colocar em dia o trabalho com cavalos novos. “Temos de aproveitar este período sem provas da melhor forma possível, adiantando os cavalos que estavam mais atrasados e afinando os que precisavam de algum ajuste”, disse Orpheu de Souza Ávila Júnior, veterinário e gerente do haras, em entrevista para a série especial que Adestramento Brasil está conduzindo com objetivo de entender como as restrições impostas pela pandemia e a suspensão das competições afetam haras e atletas.
Leia mais

Após estrear Baluarte, Luiza Almeida competirá em mais GPs para melhorar desempenho

A segunda semana de provas no CDI 3* de Cascais, em Portugal, marcou a estreia do conjunto Luiza Tavares de Almeida e Baluarte do Vouga em big tour. “Eu fiquei muito feliz de ter levado o Baluarte para o mais alto nível e sabemos que nem todos os cavalos chegam lá, aliás, a maioria deles”, disse a amazona. “Foi uma prova, no geral, bem OK para estreia. O CDI foi muito forte, com juízes duros e concorrentes fortes, então, no geral, pelas circunstâncias e, por ser a primeira vez dele fazendo GP e em um CDI destes, eu fiquei feliz”, avaliou.
Leia mais

Conheça mulheres que fizeram história no adestramento brasileiro

ATUALIZADA — As mulheres são maioria nos adestramento. Basta acompanhar qualquer prova para comprovar a forte presença delas. Para comemorar a data, Adestramento Brasil levantou a participação de cavaleiras brasileiras em Jogos Olímpicos, Pan-Americanos e Mundiais para mostrar como elas fizeram (e fazem) a diferença.
Leia mais

Pedro Almeida conquista MER com Xaparro do Vouga em Cascais

Em uma prova de grande prêmio julgada por quatro juízes internacionais cinco estrelas — e um FEI 3* —, Pedro Tavares de Almeida, com Xaparro do Vouga, e o João Victor Marcari Oliva, com F-Aron e Massa voltaram a registrar notas acimas de 66%. Com isto, Pedro Almeida e Xaparro do Vouga passam a ser o segundo conjunto brasileiro os requisitos mínimos de elegibilidade (MER, na sigla em inglês para minimum eligibility requirements) exigidos pela Federação Equestre Internacional (FEI) para participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (leia todas as matérias). O índice foi obtido nesta sexta-feira (06/03) na segunda semana do CDI 3* de Cascais, em Portugal.   Leia mais

João Victor Oliva: “Fiquei feliz; consegui preparar melhor o cavalo”

Primeiro brasileiro a obter o requisito mínimo de elegibilidade (MER, na sigla em inglês para minimum eligibility requirements) para participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (leia todas as matérias), João Victor Marcari Oliva disse ao Adestramento Brasil que conseguiu preparar melhor F-Aron de Massa para a prova de grande prêmio no último sábado 29/02, no CDI 3* de Cascais (Portugal). “Fiquei feliz com a apresentação. Acho que, desta vez ,eu consegui preparar melhor o cavalo. Quando eu estava competindo no Norte da Europa, estava correndo atrás dos resultados mais para salvar o País do que pensando em mim mesmo. Agora tive tempo para preparar melhor o cavalo”, contou.
Leia mais