Tag: CDI3*

CBH quer conjuntos big tour no Pan de Santiago 2023

A Confederação Brasileira de Hipismo visa a levar para os Jogos Pan-Americanos de Santiago 2023 uma equipe com o maior número possível de conjuntos de big tour. Isso porque a Confederação Equestre Pan-Americana (Paec, na sigla para Pan American Equestrian Confederation) adiantou o formato do Pan 2023 será híbrido (small tour e big tour) e para os conjuntos de big tour haverá um acréscimo de três pontos porcentuais de bônus à nota final em todas as competições — em Lima 2019, o acréscimo foi de 1,5 p.p.

Continue lendo “CBH quer conjuntos big tour no Pan de Santiago 2023”

Sergio de Fiori: balanço das seletivas é positivo; conjuntos têm clínica com Norbert Van Laak

O balanço das seletivas para formação do Time Brasil para os Jogos Sul-Americanos, Odesur de Assunção, foi muito positivo, não apenas pela evolução das notas dos conjuntos nos dois CDIs 3* (na Sociedade Hípica Paulista e no Centro Hípico de Tatuí), como também ao longo da temporada. Assim, Sergio de Fiori, diretor de adestramento da Confederação Brasileira de Hipismo, avaliou o processo que chegou à nomeação dos quatro titulares e um reserva para a equipe.

Continue lendo “Sergio de Fiori: balanço das seletivas é positivo; conjuntos têm clínica com Norbert Van Laak”

Brasil precisa se preparar para big tour, diz Carlos Lopes, juiz FEI 4*

O juiz internacional FEI 4* Carlos Lopes, julgou as duas seletivas realizadas no Brasil com objetivo de formar a equipe do País para os Jogos Sul-Americanos, Odesur do Paraguai. Em entrevista em vídeo ao Adestramento Brasil, o português elogiou o desempenho dos conjuntos, afirmando que houve uma evolução no nível dos competidores entre os CDI 3* da Sociedade Hípica Paulista e o do Centro Hípico de Tatuí, o que refletiu nas notas. Contudo, ele fez um alerta: ressaltou que é necessário formar e ter cavalos e cavaleiros competindo em big tour — até porque as grandes qualificatórias, como Pan-Americano, tendem a exigir este nível em um futuro próximo.

Continue lendo “Brasil precisa se preparar para big tour, diz Carlos Lopes, juiz FEI 4*”

Seletivas Odesur: com GPS, média de Victor Ávila sobe; confira como ficou

As seletivas para compor os conjuntos para representar o Brasil nos Jogos Sul-Americanos 2022 chegaram ao fim, neste domingo 28/08, com as provas de grande prêmio especial (GPS) e inter 1 estilo livre com música, esta última não contando para a média. Com os 69,319% de Victor Trielli Ávila montando Corsário IGS no GPS, a média do conjunto subiu para 72,040%, após acrescentados os três pontos porcentuais da regra e galgou a melhor posição.

Continue lendo “Seletivas Odesur: com GPS, média de Victor Ávila sobe; confira como ficou”

Fefo Sperb, da CBH: 10 CDIs até Paris 2024 e Carlos Lopes contratado para paraequestre 

Realização de dez concursos internacionais de adestramento e paraequestre para que os conjuntos alcancem os índices mínimos de elegibilidade (MERs) em solo brasileiro para Paris 2024 e a contratação do português Carlos Lopes, juiz FEI 5* de paradressage, pela CBH foram algumas das novidades contadas pelo presidente da Confederação Brasileira de Hipismo, Fernando Augusto Sperb (Fefo) em entrevista em vídeo com Adestramento Brasil, durante o fechamento das provas do CAN e CDI 3*, no Centro Hípico de Tatuí, que encerraram as seletivas para Odesur do Paraguai.

Continue lendo “Fefo Sperb, da CBH: 10 CDIs até Paris 2024 e Carlos Lopes contratado para paraequestre “