Nuno Chaves de Almeida passa a competir pelo Brasil e obtém primeiro índice para Mundial

Nuno Chaves de Almeida, agora competindo pelo Brasil, fez seu primeiro índice para os dois necessários para a obtenção dos requisitos mínimos de elegibilidade (MERs) para competir no Campeonato Mundial de Adestramento (Herning 2022). No CDI 3* de Abrantes, dias 9 e 10 de abril, ele montou Feel Good V.O e fechou a prova de grande prêmio com porcentual final de 67,065%, o que lhe rendeu o quarto lugar na competição. No GP especial, o conjunto também ficou na quarta colocação com 66,234%. Em entrevista ao Adestramento Brasil, o cavaleiro contou um pouco de sua história e o que o levou a competir pelo Brasil.

https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=J56ZYZZLKPPV4&source=url

“O CDI de Abrantes correu muito bem para a primeira prova do cavalo em internacional, visto que ainda não tínhamos feito nenhuma prova. O cavalo estava com muita vontade e cresceu em pista. Conseguimos cumprir a reprise, tendo a noção que ainda temos exercícios que podemos melhorar e que temos mais margem de progressão”, avaliou.

No segundo dia, Nuno contou que sentiu o cavalo um pouco mais cansado, mas disse que ficou muito contente com a atitude dele. “Agora é trabalhar para melhorar no próximo CDI na Beloura.” O CDI 3* de Beloura, em Portugal, ocorre de 21 a 24 de abril.

Tendo o MER, o cavaleiro, filho de portugueses e nascido no Brasil, pode ser uma opção para integrar a equipe brasileira. Nuno Chaves de Almeida nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, mas morou apenas até seus quatro anos no Brasil. Seus avós paternos e maternos emigraram para o Brasil na altura da guerra colonial portuguesa. Seus pais já eram nascidos, estudaram no Brasil e se conheceram aqui. Nuno de Almeida nasceu, mas, quando tinha quatro anos de idade, a família resolveu voltar para Portugal.

Ele contou que começou a montar aos sete anos em uma escolinha de equitação. “Aos 10 anos, fui para o centro hípico de Belas, onde montei com o Carlos Lopes até os 17 anos, o que foi muito importante para a minha base. Depois, fui estudar para a escola agrária de Santarém, onde me licenciei”, disse. Depois, aos 19 anos, passou a montar com o Daniel Pinto, com quem permaneceu durante seis anos. “Com ele aprendi muito e iniciei mais a sério na competição. Através do Daniel conheci a família Oliva de quem sempre fui muito amigo”, detalhou.

Um pouco mais tarde, aos 25 anos, Nuno integrou a equipe de cavaleiros da Dressage Plus e teve a oportunidade de competir com cavalos lusitanos, lusowarmblood e warmblood, desde os escalões de cavalos novos até ao grande prémio.

“Destaco o Romana Plus e o Jasmin Plus como os cavalos de maior destaque na minha carreira. Montei Romana desde nova até ao nível de grande prémio. E o Jasmin Plus que o montei desde potro, fiz várias provas de modelos e andamentos, tendo sido campeão macho na feira de Ponte Lima, no Festival do Lusitano e campeão na feira da Golegã”, ressaltou o cavaleiro.

Parceria com família Oliva
Seu destino voltou a se cruzar com o Brasil recentemente, quando, cerca de dois meses atrás, João Victor e o José Victor Oliva o propuseram que competisse com o Feel Good V.O com objetivo de disputar o Mundial. “Eu aceitei esta oportunidade. Estou muito feliz por poder competir pelo Brasil e ter o apoio da família Oliva; por me confiarem um cavalo com as qualidades do Feel Good. Ainda não temos muito tempo juntos, mas a adaptação está correndo muito bem. O Feel Good foi um cavalo comprado por eles em poldro e era ensinado pelo João Oliva até ter passado para mim”, comentou.

A relação com os Oliva não é de agora. Enquanto Nuno trabalhava para a Dressage Plus, mantinha um ou dois cavalos na Academia. “Foi quando o sr José Victor Oliva e o João Oliva me confiaram o seu cavalo Hussein para treinar e apresentar nos modelos e andamentos, que foi medalha de ouro no Festival do Cavalo Lusitano e na feira da Golegã”, relatou.

Neste momento, Nuno está sediado na Academia Dressage Portugal, em Arruda dos Vinhos, onde monta e prepara os cavalos para a competição.

Confira aqui o desempenho dele em competições internacionais.

Herning 2022
Tanto Pedro Almeida com Famous do Voga quanto João Oliva com Escorial estão treinando para representar o Brasil no Campeonato Mundial de Adestramento, que ocorre em agosto de 2022, na Dinamarca. O ECCO FEI World Championships Herning também abrigará as competições de salto, paraequestre e volteio.

Para poder disputar o Mundial de Herning, todos os conjuntos seniores precisam ter alcançado pelo menos o porcentual de 66%, tanto como nota final quanto com dois juízes FEI 5* diferentes, de nacionalidade distinta do atleta e em provas de grande prêmio ou GP curto (short grand prix) — confira a regra FEI. A obtenção dos MERs entre 01 de janeiro de 2021 e 04 de julho de 2022 confere o certificado de capacidade (COC — certificate of capability).

Para escolha dos representantes do Brasil, a CBH levará em conta apenas resultados em eventos internacionais CDIs 3* ou superior, desde que o conjunto participe de todas as provas daquele CDI. Serão selecionados os conjuntos que obtiverem os maiores percentuais (resultados isolados por prova de grande prêmio e GP especial) no período 27 de abril a 03 de julho de 2022, exceto as reprises freestyle.

O Brasil pode levar para o Mundial até cinco conjuntos. As vagas serão preenchidas da seguinte forma: quatro como titulares para os quatro melhores classificados (porcentuais mais altos) e uma vaga reserva, preenchida pelo conjunto que apresentar o quinto melhor resultado. Não havendo um mínimo de três conjuntos aptos a constituir a equipe brasileira, até dois conjuntos individuais poderão representar o Brasil no Campeonato Mundial.

Foto: divulgação

2 respostas para ‘Nuno Chaves de Almeida passa a competir pelo Brasil e obtém primeiro índice para Mundial’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.