Tag: CBA

CBH alega isonomia para deixar FPH fora da eleição para nova presidência

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) emitiu, neste domingo 17/01, uma nota de esclarecimento acerca da não participação da Federação Paulista de Hipismo (FPH) como votante nas próximas eleições para presidente e vice-presidente da CBH. A entidade máxima do hipismo nacional defendeu que não pode dar tratamento diferenciado a seus membros ou violar a isonomia; e lamentou a acusação de manobra política. Leia mais

CBA: amazonas dominam pódios entre amadores; assista às entrevistas em vídeo

Foram as mulheres quem dominaram os pódios de amadores nas diversas séries no Campeonato Brasileiro de Adestramento. Na elementar, Juliana Domingues ganhou com Amore Mio A.F; Jessica Gorgach Serwaczak levou o título na preliminar montando Eclipse dos Pinhais; na média 1, Nicole Binder de Arruda Botelho arrematou mais um título com J.A. Orpheu-do-Carnaval; Joana Marie Sliwik com Intef Interagro ganhou a média 2 e Raquel Mendonça Maurell de Mattos sagrou-se campeã na forte 2 amador top com Dileto HI. Somente na forte 1 amador que o vencedor não foi mulher. Em entrevista em vídeo, elas avaliaram suas reprises e revelaram planos para os conjuntos para 2021. Leia mais

Depois do Paulista, Murilo Augusto vence brasileiro de cavalos novos em 4 e 6 anos

Mais uma vez, Murilo Augusto ganhou as duas séries de cavalos novos que disputou, depois de levar a taça do Campeonato Paulista, o cavaleiro da Coudelaria Ilha Verde colocou o lusitano Jorge V.O e a égua BH Novidade V.O nos primeiros lugares dos pódios em cavalos novos seis e quatro anos, respectivamente. Leia mais

Victor Ávila sobe Corsário IGS para big tour e se sagra campeão brasileiro sênior top

Campeão brasileiro sênior top com Corsário IGS, Victor Trielli Ávila também se apresentou com Luar HM e Mandarim do Castanheiro CAP, respectivamente, nas séries cavalos novos cinco e quatro anos no Campeonato Brasileiro. Em entrevista em vídeo, o cavaleiro contou o que achou das apresentações e comentou os planos para 2021. Leia mais

Taça Brasil: campeões comentam suas apresentações e adiantam planos para 2021

A Taça Brasil de Adestramento, equivalente do Campeonato Brasileiro, mas para os profissionais, teve disputa acirrada na preliminar com dez concorrentes, seguida da média 2 (oito conjuntos), forte 1 (sete) e elementar (quatro). Em entrevista em vídeo a Adestramento Brasil, alguns dos campeões comentaram o que acharam de suas provas e adiantaram o que pretendem fazer em 2021. Leia mais