Categoria: Internacional

EUA atualizam conjuntos de seu Programa Elite

A Federação Equestre dos Estados Unidos, equivalente à CBH, anunciou atualizações na lista de conjuntos que fazem parte de seu programa de fomento ao adestramento (US Dressage Elite e Pre-Elite). O Programa Elite tem como objetivo dar suporte e recursos aos conjuntos que tenham conseguido provar sua competitividade internacional. As mudanças ocorrem após Laura Graves anunciar a aposentadoria de Verdades.
Leia mais

Reprises FEI atualizadas já estão valendo

As reprises internacionais atualizadas da Federação Equestre Internacional (FEI) passaram a valer em 1º de janeiro deste ano. Entre os testes que tiveram mudanças estão intermediária 1, intermediária A, intermediária B, intermediária 2 e grande prêmio. Leia mais

Laura Graves aposenta Verdades, o cavalo que a levou ao topo

Laura Graves está aposentando o Verdades, seu KWPN castrado que faz 18 anos em abril próximo. Verdades é filho de Florett AS e Liwilarda (Goya). Junta, a dupla se consagrou como um dos principais conjuntos representando os Estados Unidos, tendo conquistado a medalha de bronze por equipe nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e a prata tanto por equipe como no individual nos Jogos Equestres Mundiais de Tryon em 2018.
Leia mais

FEI confirma times de França e Áustria em Tóquio 2020

A Federação Equestre Internacional (FEI) atualizou o documento referente ao sistema de qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, confirmando a substituição do Brasil e da África do Sul por França e Áustria. Além disto, a FEI apontou que Luxemburgo, Bélgica e Suíça estão na lista de espera do composite teams. Os países vão ocupar as vagas por equipe abertas pelo Brasil e pela África do Sul por não conseguiram entregar o certificado de capacidade (“NOC Certificate of Capability” ou COC). Leia mais

Tóquio 2020: França e Áustria ocupam vagas abertas por Brasil e África do Sul

Com as vagas por equipe abertas pelo Brasil e pela África do Sul, por não conseguiram entregar o certificado de capacidade (“NOC Certificate of Capability” ou COC), França e Áustria devem disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. De acordo com o regulamento de adestramento da FEI para a olimpíada (item F), as cotas por equipe que ficam abertas são redistribuídas para o que a Federação Equestre Internacional (FEI) chama de “composite team”. As equipes compostas contam com três membros de uma mesma nação selecionados segundo o FEI Olympic Ranking. Leia mais