Tag: Desafio Brasil

Novas reprises nacionais valerão somente em 2020

A mudança das reprises usadas nas provas nacionais ocorrerá somente em 2020 e não mais no segundo semestre de 2019. O Brasil usa os testes emitidos pela Federação Equestre dos Estados Unidos (USEF). No ano passado, a USEF e a Federação de Adestramento dos EUA (USDF) divulgaram as versões válidas para o período de 2019 a 2022.  Leia mais

Com Paulistão, Copa CHSA tem quase 80 inscritos e estreia de conjuntos

Copa-CHSA-patrocinadores-seloQuase 80 conjuntos inscritos, com mais da metade sendo não-profissionais, dentre os quais alguns estreando em competições e outros oriundos do salto. Foi assim a quinta etapa da Copa Santo Amaro de Adestramento, batizada de Magnetic Pet, realizada no último domingo, 30/06. A prova marcou a estreia do Paulistão de Adestramento, uma novidade da Federação Paulista de Hipismo.
Leia mais

Copa Santo Amaro de Adestramento vai abrigar Desafio Brasil em São Paulo

Copa-CHSA-patrocinadores-seloPela primeira vez na história, será realizado em São Paulo o Desafio Brasil. Ele ocorre junto com a 6ª etapa da Copa Santo Amaro de Adestramento, nos dias 24 e 25 de agosto. A realização do concurso a São Paulo é um marco e coloca os concorrentes do Estado na disputa nacional.
Leia mais

CBH vai arcar com custos do juiz nacional para Desafio Brasil

Com objetivo de fomentar o adestramento, a Confederação Brasileira de Adestramento (CBH) passará a arcar com as despesas do juiz nacional que for julgar as provas do Desafio Brasil nos Estados. A medida visa a baratear o custo da competição para as entidades organizadoras e, assim, incentivar que mais Estados entrem na competição, que segue o modelo do FEI Challenge. Leia mais

Quanto custa tornar-se apto para participar de provas estaduais e nacionais de adestramento?

Você já parou para pensar em quanto precisa desembolsar por ano para pagar as taxas das federações e das Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) para apenas tornar-se apto a competir em provas estaduais e nacionais? Adestramento Brasil fez as contas e chegou à conclusão que um amador ou profissional de São Paulo e está competindo em série superior à média 1 precisa pagar R$ 1.649 por ano para poder disputar as competições — isto se o conjunto representar uma entidade federativa, caso contrário, o valor será maior.

Leia mais