Categoria: Entrevista

Nilson Leite, do Rosa Mystica: para hipismo crescer, é preciso profissionalizar

“O hipismo brasileiro não cuida do patrocinador como deveria; ele deveria ser mais valorizado e nós deveríamos aprender a lidar com patrocinador. Quando conseguimos trazer alguma empresa para ajudar o nosso esporte, a patrocinar alguma prova, infelizmente nós não damos retorno a ele e ele não volta. O que nós tivemos, durante toda a história do hipismo brasileiro, foram grandes doadores — e não patrocinadores. As pessoas amantes e envolvidas com o esporte faziam, através de suas empresas, doações e muitas vezes com interesses em vagas em equipe, em ter alguma cadeia ou benefício; e eu acho que isto não é bom”, afirmou Nilson Leite, representante do Haras Rosa Mystica, em entrevista ao vivo transmitida no canal de Youtube de Adestramento Brasil. Leia mais

Piroplasmose tem cura? Saiba tudo sobre esta doença que acomete a maioria dos cavalos no Brasil

A piroplasmose é uma doença transmitida por carrapatos que acomete as células vermelhas de equinos, causando principalmente anemia. Em entrevista ao vivo transmitida no canal do YouTube de Adestramento Brasil, Neimar Roncati, médico veterinário formado pela Universidade de São Paulo em 1991, com mestrado e doutorado na área de clínica médica de equinos pela mesma universidade, explicou como se dá a transmissão, abordou as implicações de exportação e viagens internacionais para cavalos com piro positiva, bem como falou acerca dos tratamentos mais eficazes nos cavalos e sobre o que fazer para que os haras fiquem livres de carrapatos.

Leia mais

Permeabilidade deve ser a finalidade da formação do conjunto

Na permeabilidade, a energia flui; o comando que o cavaleiro tem de fazer não vem da força, mas de uma indicação. Ela facilita a obediência para o cavalo e o torna mais habilidoso e agradável para o cavaleiro. Ao finalizar a série explicando cada uma das etapas da escala de treinamento (leia o especial completo), Claudia Leschonski, médica veterinária e instrutora na Universidade do Cavalo (UC), fala sobre como a permeabilidade deveria ser a meta a ser alcançada com base nos demais itens da escala unidos. Na entrevista a seguir, a especialista explica o que é permeabilidade, dá exemplos, detalha por que ela se difere de submissão e ressalta a importância de a energia do cavalo fluir naturalmente e sem barreiras durante o trabalho.

Leia mais

Adriana Busato: ICSI facilita comprovação e valorização de éguas como reprodutoras

ICSI, um novo tratamento de fertilização in vitro, está facilitando a comprovação das éguas. Isto porque aumenta a quantidade de vezes que uma égua pode ser usada, contribuindo para a formação de estatísticas. “As éguas produziam menos e era mais difícil provar que era um animal superior. Hoje, não, porque você tem transferência de embrião, tem ICSI. As éguas têm o DNA mitocondrial que só vem na linha materna e isto é algo passado só de mãe para filho. Geralmente, as éguas entram com 55% e os garanhão com 45%. Então, as éguas são mais importantes, só que era complicado você comprovar uma égua”, explicou Adriana Busato, médica veterinária e criadora de cavalos desportivos, durante entrevista ao vivo transmitida pelo canal do YouTube de Adestramento Brasil. Leia mais

Natacha Waddell: “Os cantos podem ser seus melhores amigos ou piores inimigos”

Os cantos são um dos espaços mais importantes da pista de adestramento, mas muitos conjuntos não sabem usá-los. “Os cantos podem ser seus melhores amigos ou piores inimigos. E são nestes detalhes que você ganha meio ponto, um ponto ou 1,5 ponto e, no final, a diferença é enorme”, destacou a juíza internacional FEI 4* Natacha Waddell, em entrevista transmitida ao vivo no YouTube de Adestramento Brasil.
Leia mais