Tag: Giovana Pass

De mudança para os EUA e sem provas, Sucandi concentra na evolução de cavalos novos

Na quarentena e seguindo o plano de levar os cavalos para a nova propriedade nos Estados Unidos, o trabalho na Sucandi está sendo focado na evolução dos cavalos novos. “As provas fazem muita falta, pois sem elas parece que não temos rumo. Continuo montando todos os dias, mas um pouco mais leve. E, como não têm provas, estou focando menos nas figuras e mais no trabalho em si. Tenho intercalado os treinos de pista com passeios no meu mini exterior”, contou Giovana Pass, em entrevista para a série que Adestramento Brasil está conduzindo com objetivo de entender como as restrições impostas pela pandemia e a suspensão das competições afetam haras, amazonas e cavaleiros.
Leia mais

Brasileiros concordam com adiamento e revelam planos para Jogos de Tóquio 2021

Atletas brasileiros de olho na vaga individual nos Jogos de Tóquio opinam sobre o adiamento da Olimpíada e revelam planos — ainda que iniciais — para conquistar a cota brasileira. Os jogos foram remanejados para de 23 de julho até 8 de agosto de 2021, em decorrência da pandemia de Covid-19.

Leia mais

Conheça mulheres que fizeram história no adestramento brasileiro

ATUALIZADA — As mulheres são maioria nos adestramento. Basta acompanhar qualquer prova para comprovar a forte presença delas. Para comemorar a data, Adestramento Brasil levantou a participação de cavaleiras brasileiras em Jogos Olímpicos, Pan-Americanos e Mundiais para mostrar como elas fizeram (e fazem) a diferença.
Leia mais

Giovana Pass diz à TV que disputará vaga para Tóquio

A amazona Giovana Pass, que defendeu o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, afirmou, durante o programa Maratona Tóquio 2020, da Band Sports, que pretende disputar provas na Europa para tentar ocupar a vaga individual. Seu principal cavalo, o Eleito Plus, encontra-se na Espanha com seu treinador Claudio Castilla.
Leia mais

Brasil perde a vaga por equipe em Tóquio 2020; entenda o caso

O Brasil perdeu oficialmente a vaga por equipe para disputar a modalidade adestramento nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O nome do País aparece riscado na atualização mais recente do documento da Federação Equestre Internacional (FEI) acerca do processo de qualificação para a olimpíada. Isto porque não será possível  entregar à entidade, até 31 de dezembro, o certificado de capacidade (“NOC Certificate of Capability” ou COC) para manter a vaga por equipe conquistada com a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Agora deve ser alocada uma cota individual, cujo conjunto que for representar o Brasil deve ser apontado até 1º de junho de 2020 pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) à FEI. Leia mais