5 perguntas para Flamarion Pereira da Silva

Eleito representante de atletas na vaga do paraequestre, Flamarion Pereira da Silva compartilhou o que pretende fazer no cargo. “Vou lutar em prol do hipismo, em particular, o paraequestre”, disse ele, que ressaltou a necessidade de ouvir os atletas da modalidade e “levar a sério a opinião da maioria”. Adestramento Brasil está entrevistando os eleitos pelo adestramento e paraequestre. São as mesmas perguntas a todos, enviadas por mensagem e reproduzidas na íntegra. Confira a seguir as respostas de Flamarion Silva.

Continue lendo “5 perguntas para Flamarion Pereira da Silva”

Morre Equador MVL após cirurgia

O lusitano Equador MVL morreu, aos 13 anos, após não se recuperar de uma cirurgia devido à lesão cervical. O comunicado foi feito pela Coudelaria do Monte Velho em rede social, que explicou que o Equador foi submetido a uma intervenção cirúrgica de emergência executada na França, mas que, apesar de todos os esforços, o garanhão não sobreviveu ao pós-operatório.

Continue lendo “Morre Equador MVL após cirurgia”

Três empates e 11 acima dos 66% marcam forte disputa em small tour

ATUALIZADA – A terceira etapa do Ranking da Sociedade Hípica Paulista, válida como temporada oficial da Federação Paulista de Hipismo, deu uma prévia de como deve se dar a corrida por uma vaga na equipe brasileira para os Jogos Sul-Americanos do Paraguai (Odesur 2022) em outubro deste ano. Foram 17 conjuntos seniores competindo na reprise prêmio São Jorge e quatro no grande prêmio. Em small tour, a disputa foi tão acirrada que houve empates na primeira (68,824%), terceira (68,015%) e quinta colocações (67,574%). Com julgamento da juíza FEI 4* Sandra Smith e do juiz FEI 2* Márcio Camargo, dos 17 concorrentes na forte 2 sênior, 11 pontuaram acima dos 66%.

Continue lendo “Três empates e 11 acima dos 66% marcam forte disputa em small tour”

FEI Sports Forum propõe subir MER para 67%

Propostas que descrevem modificações no Regulamento Olímpico de Paris 2024 para a modalidade de adestramento foram discutidas durante o FEI Sports Forum, realizado nos dias 25 e 26 de abril em Lausanne, na Suíça 2022. Entre as sugestões apresentadas aos delegados está passar de 66% para 67% o porcentual para obtenção dos requerimentos mínimos de elegibilidade (MERs, na sigla para minimum eligibility requirements) e aumentar de oito para dez o número de times competindo no grande prêmio especial (GPS) nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Continue lendo “FEI Sports Forum propõe subir MER para 67%”

Pedro Almeida é 2º no GP de Beloura; Nuno Almeida completa MER para Herning 2022

Em seu segundo concurso internacional com Famous do Vouga, após retornar às pistas neste ano, Pedro Manuel Tavares de Almeida melhorou seu porcentual final no grande prêmio. No CDI 3* de Beloura, em Portugal, o conjunto fez 69,630%, galgando a segunda colocação entre os 15 concorrentes no GP. Na mesma competição, Nuno Chaves de Almeida, que está representando o Brasil, fez 67,348% com Feel Good V.O, obtendo, assim, os requisitos mínimos (MER) para poder competir no Campeonato Mundial de Adestramento.

Continue lendo “Pedro Almeida é 2º no GP de Beloura; Nuno Almeida completa MER para Herning 2022”