Principais cuidados veterinários do cavalo de alta performance

Por Henrique Macedo Neuenschwander*

Como todo esporte de alto rendimento, os atletas têm que chegar à competição no auge da sua forma física. No caso do hipismo, além do cavaleiro, temos o cavalo. Enumero abaixo alguns cuidados que, ao meu ver, são de extrema importância para saúde e bem-estar dos cavalos de alto desempenho.

Ferraduras
Como diria o velho ditado “no foot, no horse”, o veterinário responsável deve ter cuidado especial com os cascos dos cavalos. É preciso verificar, baseado no histórico do animal, em imagens radiográficas e na biomecânica do animal, qual é o melhor material e tipo de ferradura para o cavalo em questão. Além disto, evite ferrar os cavalos na véspera da prova.Ferradura_raioX

Alimentação e suplementação
Proprietários de cavalos de adestramento adoram seus cavalos obesos. Somando a isso, os lusitanos têm facilidade para engordar. Logo, a a dieta deve ser baseada nas necessidades individuais de cada animal, de acordo com sua requisição energética, proteica, vitamínica e mineral.

Suplementos também devem ser escolhidos individualmente de acordo com o objetivo a ser alcançado: hipertrofia muscular, crescimento do caso, recuperação após o exercício etc.

Fornecer volumoso de qualidade e na quantidade certa também é de suma importância, já que, além do seu valor nutricional, alimentos ricos em fibras são essenciais para a motilidade do trato intestinal e evitam um problema comum em equinos: a cólica.

Não se esqueça de chamar o veterinário especializado em odontologia a cada seis meses, pois, além de ajudar na mastigação, ele tem um papel fundamental para que seu cavalo se sinta confortável e tenha um bom contato com a embocadura.

Xama_dos_pinhais_capa

Fisioterapia
Como todo atleta de alto rendimento, o cavalo também fica dolorido. Os animais de adestramento, frequentemente, possuem dor na cervical e torácica. As causas envolvem: força excessiva na embocadura, períodos prolongados em trote sentado em treino e em prova e, às vezes, a inadequação da sela para o animal. Além disto, dores comuns são causadas por lesões tendineas, ligamentares e articulares decorrentes do esforço repetitivo.

Os animais de alto desempenho recebem visitas regulares dos seus fisioterapeutas, quiropratas e acupulturistas que, em conjunto com o veterinário clínico, e buscam prevenir ou tratar lesões. Nas provas de adestramento, é permitido a realização de fisioterapia durante o concurso. Então, por que não realizá-la todos dias de prova?

E, quando o fisioterapeuta não estiver disponível, costumo recomendar 15 minutos de gelo após treino intenso, massagem com pomadas fitoterápicas e capas de massagem.

Veterinário clínico
Em primeiro lugar, o veterinário de cavalos de adestramento deve ter familiaridade com o esporte. Diferente de outras modalidades, o desempenho do conjunto será definido nos três andamentos e em pequenos detalhes, como a encurvatura em uma pirueta ou na amplitude e simetria em um trote alongado.

Não é apenas ver um cavalo que está manco, é ter uma relação íntima com o cavalo e o cavaleiro, assistir horas de trabalhos para observar diferenças mínimas e com isso buscar cada vez mais a perfeição.

Henrique_Macedo-baluarte_do_vouga

 

Henrique Macedo Neuenschwander é médico veterinário (CRMV/SP 28639), especialista em clínica e cirurgia de equinos pela FMVZ-USP e mestre em clínica médica pela FMVZ-USP. FEI permitted Treating FEI 10090831. 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.