Parcial da Copa ABPSL sai em outubro; provas voltam para interior em 2019

Os resultados parciais da Copa de Adestramento da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Puro Sangue Lusitano (ABPSL) devem ser divulgados em outubro, após a realização da quinta etapa do campeonato, disputado por cavalos da raça lusitano. Pouco mais de 30 conjuntos estão participando da Copa ABPSL. No último fim de semana, a quarta etapa foi realizada juntamente com a 5ª etapa do Ranking SHP e 7ª do Campeonato Paulista.

LOGO ISTO E LUSITANO

De acordo com Marcio Navarro de Camargo, diretor de adestramento da ABPSL, após a 5ª etapa da Copa, que ocorre no CHSA em outubro, uma prévia das colocações deve ser divulgada. Camargo lembrou que, como os conjuntos têm dois descartes, participar das provas é fundamental para buscar um melhor resultado.

A Copa ABPSL é válida apenas para cavalos da raça lusitano — contam animais com pelo menos 25% de lusitano no sangue — e não precisa ser associado para participar. Ela é disputada em seis etapas, sendo duas delas são obrigatórias: a 2ª, que foi realizada em Tatuí, durante 3ª edição do IRDM, e a última que será no Festival do Cavalo Lusitano, na Sociedade Hípica Paulista (SHP) de 30 de novembro a 2 de dezembro. Sagra-se campeão o conjunto que obtiver a maior soma as notas obtidas nas etapas, com a possibilidade de dois descartes. As regras foram divulgadas, no início do ano, junto com o calendário de provas.

Neste ano, o campeonato do lusitano ocorre concomitantemente com etapas dos rankings de clubes e da Federação Paulista de Hipismo. Para o ano que vem, a Copa vai priorizar o interior de São Paulo. De acordo com o presidente da ABPSL, Ismael Gonçalves da Silva, para o próximo ano, as etapas serão regionais, em cidades como Atibaia, Tatuí, na região de Sorocaba, e Ribeirão Preto. “A ideia é fazer um circuito regional e não centralizar com federação e rankings”, disse, explicando que alguma etapa pode, sim, ocorrer nas hípicas em São Paulo.

O objetivo da Copa ABPSL, segundo o presidente, é reduzir a burocracia para os competidores, sem a necessidade de pagamento de passaporte, selos e taxas de federação ou confederação para participar do campeonato. “Seguimos um regimento interno. Queremos incentivar o esporte. A Copa ABPSL serve para preparar os cavalos ao adestramento”, afirmou.

No ano passado, a final da Copa ABPSL foi marcada pelo bom desempenho dos cavalos novos. À época, o juiz Marcio Navarro de Camargo, que integrou o júri de campo, afirmou que o destaque das provas do festival ficou para o alto nível dos cavalos novos. “Isto estava refletido nas notas e aponta para o melhoramento da raça, com uma criação voltada ao esporte, dando cavalos mais elásticos e expressivos”, pontuou.

 

LOGO_ABPSL

 

canal de notícias Isto é Lusitano é produzido por Adestramento Brasil e tem o patrocínio Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Puro Sangre Lusitano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.