Covid-19: CBH reduz algumas taxas para federações e cavalos

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) alterou seu Caderno de Encargos 2020 com medidas para amenizar os impactos causados pela paralisação das atividades em uma tentativa de conter a pandemia causada pela Covid-19. A CBH encaminhou às Federações Estaduais o ofício circular CBH 076/2020, em nome do presidente Ronaldo Bittencourt Filho, no qual consta redução de taxas como o valor da mensalidade que as entidades devem pagar à CBH, bem como do valor do selo anual.


Apoie_AB_PayPalSe você acompanha a nossa cobertura, sabe que informação bem apurada, confiável e relevante faz toda a diferença. Enquanto agradecemos a todos apoiadores do site, reforçamos que precisamos da colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.
Clique e seja um apoiador. Você que escolhe o valor!

Prefere anunciar? Confira o mídia kit e fique por dentro das opções para divulgar a sua marca: escreva para contato@adestramentobrasil.com


Para o adestramento, houve redução na taxa cobrada às entidades para concursos internacionais passando de R$ 6.246 (com premiação em espécie) para R$ 4.372,00 e R$ 2.214 (sem premiação em espécie) para R$ 1.550,00 e para os nacionais de R$ 2.063 para R$ 1.444.

Já para os conjuntos, o valor do passaporte do cavalo permanece o mesmo (R$ 187), mas o selo anual, válido por 12 meses a partir da data de aquisição diminuiu de R$ 771 para R$ 539 e o selo mensal, novidade apresentada neste ano e que tem validade de 30 dias, caiu de R$ 287 para R$ 229. O registro anual dos atletas não teve alteração (R$ 80).

Os valores máximos apontados para inscrição e estabulagens para concursos nacionais e brasileiros de todas as modalidades equestres, onde não houver premiação em espécie, as taxas de inscrição e participação por prova permanecem em R$ 230 — e R$ 437 para estabulagem e R$ 379 para quarto de sela.

Confira:

A Federação Paulista de Hipismo (FPH) comunicou, no começo de abril, a prorrogação da validade dos registros válidos de cavalos e cavaleiros. Cada um deles terá um bônus de 60 dias na data original de validade.

Sem competições 
As competições estaduais e nacionais — além dos rankings internos — estão suspensas devido à pandemia de Covid-19. Adestramento Brasil contatou algumas federações, além da CBH, para saber quando as provas serão retomadas, mas não obteve sucesso. No início de abril, a CBH emitiu um calendário atualizado cancelando ou adiando as provas e eventos que ocorreriam até maio deste ano. As restrições no Estado de São Paulo, o mais afetado pelo novo coronavírus, seguem até o dia 10 de maio.

A Federação Equestre Internacional está trabalhando com a expectativa de retomar as competições no fim de junho, mas o calendário de provas ainda está sendo debatido por uma força-tarefa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.