5 perguntas para Vinícius Miranda

Querer estar mais envolvido no hipismo de modo geral contribuir para que o adestramento cresça no Brasil motivaram Vinícius Miranda a se candidatar a representante de atletas. Adestramento Brasil está entrevistando os eleitos pelo adestramento e paraequestre. São as mesmas perguntas a todos, enviadas por mensagem e reproduzidas na íntegra. Confira a seguir as respostas do cavaleiro.

Adestramento Brasil — O que te levou/motivou a se candidatar à vaga de representante de atletas?
Vinícius Miranda —
Acredito que o que me levou a candidatura foi a vontade de estar cada vez mais envolvido dentro do hipismo de modo geral; e garantir que o adestramento cresça no Brasil.

Quais são seus objetivos no cargo? Quais são as principais bandeiras?
Meu maior objetivo é difundir o adestramento e fazer com que nosso esporte receba o respeito e atenção que merece, seja tratado com seriedade e que as necessidades dos atletas cheguem até a CBH e sejam atendidas.

Conte um pouco sobre sua carreira como atleta de hipismo? Formação, principais instrutores, títulos mais importantes
Tenho contato com os cavalos desde que nasci, sempre fui um apaixonado por eles. Meus primeiros contatos com os esportes equestres foram através dos cavalos crioulos e, por coincidência da vida, acabei conhecendo um cavaleiro a quem devo muito do que sou, que é o Ndzinji Pontes. Com ele iniciei no adestramento e, quando vi, já estava virando um profissional do cavalo. Para mergulhar de vez no meio do adestramento fui morar na Alemanha, onde passei alguns anos treinando com o Johan Zagers. Agora, já estou quatro anos de volta ao Brasil, possuímos cavalos em treinamento nas hípicas de São Paulo, CHSA e SHP e estamos agora construindo nosso próprio centro de treinamento, VM Dressage Stable, em Porto Feliz (SP). Acredito que os títulos mais importantes são os de duas vezes campeão brasileiro e seis vezes campeão paulista.

Como avalia a importância da atuação dos representantes de atletas?
Acredito que é de suma importância; nós somos a ponte entre a vontade da maioria e a CBH. Devemos brigar pela necessidade dos atletas e fazer com que as melhorias ocorram.

Para quem quiser fazer sugestões, como deve te procurar? Quais são os procedimentos?
Estou disponível através de todos os meios. Aos que têm a facilidade de me ver no dia a dia devem me abordar quando precisarem. Através do meu WhatsApp ou Instagram. A ideia é que me procurem o máximo que puder. Quero realmente estar presente. Ainda é tudo novo, então, não sabemos os procedimentos corretos, mas já temos uma reunião marcada com a CBH para entender tudo melhor.

Foto: cedida por Vinicius Miranda

Sete representantes de atletas foram eleitos no último dia 29 de abril. Foram eles: Ivo Roza Filho e Bianca Matarazzo Affonso Fereira, pelo salto; Vinícius Miranda e Sarah Waddell, pelo adestramento; Marcelo Tosi, pelo concurso completo de equitação; João Leonel Antocheski, pelo enduro; e Flamarion Pereira da Silva, no paraequestre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.