Victor Ávila: o mais importante é manter o trabalho

Único conjunto de big tour classificado para a equipe brasileira de adestramento nos Jogos Sul-Americanos do Paraguai, Victor Trielli Ávila e Corsário IGS registraram a maior média final — 72,040% —, após acrescentados os três pontos porcentuais da regra. Dá uma responsabilidade a mais? “Dá um pouquinho, mas estamos muito confiantes”, disse o cavaleiro, em entrevista em vídeo ao Adestramento Brasil. Daqui até Assunção, o mais importante é manter os níveis físico e de concentração, além de trabalhar nas correções. “É dar os descansos necessários e manter o trabalho, sem uma quebra muito grande”, adiantou.  

Na entrevista, ele também explicou o que fez para aumentar os porcentuais finais entre os CDIs 3* da Sociedade Hípica Paulista e o do Centro Hípico de Tatuí; falou sobre como serão os treinos até o Odesur e contou sua trajetória com Corsário ISG, lusitano que monta há uns quatro anos e com quem disputou provas internacionais das seletivas para o Pan de Lima, em 2019.

Ávilla é o mais experiente da equipe brasileira, uma vez que, em  2018, integrou o Time Brasil com Al Pacino Comando SN que assegurou na Argentina o primeiro lugar no CDI 1* e garantiu a vaga do País no Pan de Lima.

Assista à entrevista na íntegra:

Odesur Asu 2022

Os cinco conjuntos (quatro titulares e um reserva) que vão defender o Brasil e nos Jogos Sul-Americanos do Paraguai foram conhecidos no último fim de semana, após o término do CDI 3* no Centro Hípico de Tatuí. (leia cobertura completa das provas). Foram dois CDIs 3* válidos para seletivas e classificaram os cinco conjuntos com as maiores médias. Foram eles: Victor Trielli Ávila, com Corsário IGS e média de 72,040%, alcançada no CDI 3* de Tatuí; Paulo Cesar dos Santos, com Fidel da Sasa e 70,250% no CDI 3* da SHP; Eduardo Alves de Lima com Florisbela VO e 70,147% no CDI 3* de Tatuí; Vinicius Miranda da Costa com Biso das Lezírias e 68,426% no CDI 3* de Tatuí; e, na reserva, Murilo Augusto Machado com Jorge VO e 68,353%, no CDI 3* de Tatuí.

As provas de adestramento nos Jogos Sul-Americanos do Paraguai começam em 1º de outubro com a inspeção veterinária (vet check) e seguem até 5 de outubro, quando serão disputadas as finais individuais.

A competição por equipes se inicia com as reprises de prêmio São Jorge (small tour) e de grande prêmio (big tour), que qualificam para a final por equipes. Para a final por equipes, os conjuntos de small tour executam a intermediária 1 e os de big tour, o GP especial.

Os 20 melhores conjuntos, inclusive empatados em 20º lugar, da inter 1 e do GP especial, se classificam para a final individual, exceto aqueles que pontuarem abaixo de 62% na inter 1 e 60% no GPS (incluindo os pontos de bônus). Na final, os conjuntos devem executar a reprise freestyle em música.

Os conjuntos disputando big tour recebem um bônus de três pontos porcentuais (3 p.p) para cada reprise. A bonificação é aplicada em todas as reprises: GP, GPS e freestyle.

Datas

  • Abertura dos estábulos: sexta, 30/09/2022 – 8 horas
  • Inspeção veterinária: sábado, 01/10/2022 – 8 horas
  • Reunião de chefes de equipe: sábado, 01/10/2022 – 12 horas
  • Competição prêmio São Jorge: domingo, 02/10/2022 – 9 horas => qualificatória para final por equipes
  • Competição grande prêmio: domingo, 02/10/2022 – 10 horas => qualificatória para final por equipes
  • Competição intermediária 1: segunda, 03/10/2022 – 9 horas => final por equipe e qualificatória para final individual
  • Competição GP especial: segunda, 03/10/2022 – 10 horas => final por equipe e qualificatória para final individual
  • Inspeção veterinária para as finais: terça, 04/10/2022 – 8 horas
  • Competição intermediária 1 estilo livre: quarta, 05/10/2022 – 9 horas => final individual
  • Competição GP estilo livre: quarta, 05/10/2022 – 10 horas => final individual

Quem participa
Onze nações foram convidadas a participar: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, totalizando 44 atletas.

Cada país pode levar até cinco conjuntos, mas a equipe deve ser composta por um mínimo de três e um máximo de quatro conjuntos, ficando um para reserva. Caso o país não consiga participar com time, poderá inscrever até dois conjuntos para competir individualmente. Um tratador por conjunto é permitido.

Os países têm até 29 de agosto para enviar as inscrições indicadas (nominated entries). Depois, precisam enviar até 20 de setembro as entradas definitivas e o último dia para fazer substituições é 1º de outubro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.