Bruno de Certaines vence intermediária I na Copa CHSA

Os conjuntos que disputaram a série forte II na categoria sênior, na penúltima etapa da Copa CHSA de Adestramento, tiveram uma mudança: em vez de fazer a reprise prêmio são Jorge, eles competiram na intermediária I. A prova contou para o campeonato paulista de adestramento, da Federação Paulista de Hipismo.

A mudança, que não afetou a categoria amador top, serviu de preparação dos conjuntos para o CDI3* que ocorre de 9 a 12 de novembro no Rio de Janeiro. No concurso internacional de adestramento, as reprises para esta categoria serão a prêmio São Jorge, intermediária I e intermediária I estilo livre.

Primeiro colocado na intermediária I, na série forte II sênior, Bruno de Certaines, montando sua égua Finesse pelo Clube Hípico de Santo Amaro teve nota final de 66,404%. Leandro Aparecido Silva, com Arcos HM, ficou em segundo na forte II sênior, com nota final de 65,351%. Apresentando dois animais, a amazona Micheline Schulze classificou em terceiro (63,509%) com Fariano e em quarto com Matisse (63,947%).

“Por ser a primeira intermediária I disputada no CHSA neste ano, eu fiquei relativamente satisfeito com o resultado, apesar de várias faltas cometidas durante a reprise. Esta prova, assim como as realizadas ao longo de 2017, foi importante para redefinir meu plano de trabalho em função das várias oportunidades de melhoria que apareceram”, contou o cavaleiro que também lidera a Copa CHSA — confira os resultados parciais da disputa.

“Na série forte II, categoria sênior, esta foi a primeira prova do ano no campeonato paulista com a reprise intermediária I, que é um upgrade em relação à São Jorge, porque ela é mais exigente com os cavaleiros. Foi uma preparação para as finais que serão neste mesmo nível. Nas demais séries, as reprises [de número três] são mais difíceis, mas, de um modelo geral, os cavalos se apresentaram bem. Destaque para os pôneis e alguns estreantes”, comentou o juiz Márcio Camargo.

Satisfeita com a realização de mais uma etapa, Luciana Simões Marques Ferrara, diretora de adestramento do CHSA, disse estar otimista com 2018. “Esta foi a nossa última etapa em conjunto om a FPH, que foi muito parceira durante toda a temporada. Agora teremos a final dia 2 de dezembro e, dia 3, a nossa já tradicional festa de encerramento com reprises à fantasia. Convidamos a todos para participar”, disse.

Para a juíza Claudia Mesquita, a grande presença de participantes de escola, iniciantes e pôneis é muito boa. “É o futuro, não adianta ter muita gente nas séries altas sem ter a base”, relatou. Ela destacou também a presença de cavaleiros novos, que não costumavam entrar nas provas. “Teve a presença de mais um conjunto em grande prêmio, um cavaleiro que não havia entrado em outras oportunidades, foi muito bom”, disse, referindo-se a Ndzinji Pontes que apresentou Thor NP e foi o único a competir no GP. Ele obteve pontuação final de 64,183%.

Outro destaque foi a série cavalos novos quatro anos com total de quatro inscritos e disputa acirrada. Cabernet do Adonai, montado por Giovana Prado Pass, ficou na primeira colocação, com nota 7,68, seguido de Icone Santana, apresentado por Bianca Silva, com nota 7,62. Na terceira colocação, classificou-se Inverno Comando SN, montado por Luciano dos Anjos, e nota de 7,42. Em seis anos, Garrido do Juliana, com Giovana Pass foi o único concorrente; terminando a prova com nota 7,50.

Leia também: 

Anúncios

3 respostas para ‘Bruno de Certaines vence intermediária I na Copa CHSA’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.