Aprenda a colocar corretamente as ligas

As ligas, seja de trabalho seja de descanso, oferecem diversos benefícios para os animais. Contudo, para que seus efeitos sejam sentidos é fundamental saber colocá-las e seguir algumas orientações de uso.

As ligas de trabalho devem ser colocadas no momento mais próximo possível do animal ser montado. Ou seja, nada de deixar seu cavalo ligado na baia te esperando eternamente. Isto, explica a veterinária Emilia Ramos, especialista em equinos e medicina clínica e esportiva, pode provocar inchaço e muito incômodo para o equino, mesmo que as ligas estejam colocadas corretamente. Já as ligas de descanso devem ser colocadas após o trabalho do cavalo, com o animal limpo e seco, e podem permanecer no animal por até 12 horas.

É muito importante que as ligas sejam colocadas por pessoas experientes para não causar dano ao animal. Elas devem ficar localizadas abaixo da articulação do joelho ou curvilhão até o boleto. Como possui certa elasticidade, a liga de trabalho deve ser aplicada com pressão moderada, nem firme demais e nem fraca demais. “É semelhante à pressão que uma pessoa poderia fazer em seu próprio pulso”, compara Ramos.

Leia também

“O ponto inicial do posicionamento deve ser abaixo da articulação dos joelhos nos membros anteriores ou curvilhões nos posteriores, após rigorosa limpeza. O sentido de aplicação adequado é de fora para dentro, mantendo constância e simetria entre as camadas da faixa, evitando qualquer dobra, até o fechamento do velcro na mesma região onde foi iniciada a colocação da liga”, detalha. Ligas_trabalho-2

Já as ligas de descanso vêm com um “paninho” separado e o material não tem tanta elasticidade. “Isso significa que, no momento de aplicar a liga, ela irá ficar firme, mas sem incidir pressão como na liga de trabalho. Para colocar corretamente a liga de descanso, o paninho deverá ser posicionado protegendo os tendões sem que fiquem dobras, ou seja, a parte aberta do pano ficará para frente (sentido da cabeça do animal). Ele irá ‘abraçar’ a parte de trás da canela do cavalo, chegando até a coroa do casco”, diz a veterinária.

A liga é colocada por cima do paninho e de forma semelhante à liga de trabalho: firme, porém, sem pressão. Neste caso, deixa-se uma sobra do paninho nos seus limites acima e abaixo, lembrando que a liga de descanso chega até a coroa do casco, cobrindo todo boleto e quartela.

A colocação das ligas de forma errada pode ocasionar danos. Se elas estiverem frouxas demais, logo, o trabalho será interrompido, pois as faixas irão cair e terão de ser recolocadas. Ou pior: o animal pode pisar nelas e sofrer algum tipo de acidente ou mesmo provocar acidentes para outros animais em pista. Já as ligas muito apertadas irão restringir o fluxo sanguíneo no local, provocarão inchaço, aponta a veterinária, ressaltando que isto pode promover dificuldade na locomoção, ferimentos na pele e sobrecarga a tendões.

Mon_Cheval_logo
Este conteúdo foi produzido por Adestramento Brasil e tem o patrocínio de Mon Cheval.

Foto: divulgação Mon Cheval

Anúncios

2 respostas para ‘Aprenda a colocar corretamente as ligas’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s