CBH recomenda agrupamento de conjuntos nas provas por série e categoria

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) emitiu uma diretriz técnica solicitando que, nas provas, os concorrentes sejam agrupados na ordem de entrada segundo as séries e categorias. A nota dá orientações gerais sobre a organização de eventos e fala sobre cursos de reciclagem para comissários (stewards).

A entidade recomenda evitar ao máximo intercalar séries e categorias com outras de outro nível, o que deve ocorrer apenas quando um cavaleiro tiver mais de um cavalo e necessite do tempo mínimo regulamentar para aquecimento.

De acordo com a CBH, ao intercalar séries distintas, o julgamento fica comprometido, perdendo-se o parâmetro de comparação. Assim, o resultado final da prova pode não condizer com o desempenho apresentado e não ser justo com o concorrente, diz a nota.

WhatsApp

Além disto, a confederação lembrou que, conforme regulamento da Federação Equestre Internacional (FEI) e CBH, o número de cavalos a ser julgado por juiz é de aproximadamente 40 conjuntos por dia. Quando as provas tiverem mais de 45 cavalos, a CBH diz que a comissão organizadora, obrigatoriamente, deve abrir uma segunda pista e dividir as categorias ou dividir as provas em dois dias diferentes.

Para o bom funcionamento das provas, a CBH orienta a contratação de pelo menos dois comissários (stewards), sendo um para organizar o aquecimento e outro para inspeção de embocadura e arreamento. No caso de a prova ter poucos concorrentes, pode-se contratar apenas um oficial. Se a prova tiver duas pistas de aquecimento, deve-se contratar mais comissários.

Leia a íntegra da nota que também traz recomendações sobre cursos de reciclagem de stewards.

No fim de fevereiro, a CBH divulgou o regulamento atualizado e um documento com diretrizes técnicas. Entre as novidades para 2018 está a eliminação no terceiro, e não mais no segundo, erro nas reprises nacionais; além de alteração nas notas de graus de conjunto para reprises internacionais, seguindo direcionamento da FEI; da exigência de porcentual mínimo para sagrar-se campeão e vice no Campeonato Brasileiro e Taça Brasil e de liberação de embocaduras.

Saiba mais

Anúncios

2 respostas para ‘CBH recomenda agrupamento de conjuntos nas provas por série e categoria’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s