Sergio Oliva obtém mais um índice para WEG no CPEDI 3* de Waregem

Os três atletas brasileiros que já têm índice para competir nos Jogos Equestres Mundiais disputaram em abril o CPEDI 3* de Waregem, na Bélgica. O cavaleiro paralímpico Sérgio Oliva contou ao Adestramento Brasil que o objetivo de competir na Europa foi treinar com a égua Coco Chanel, com quem disputou os Jogos Olímpicos Rio 2016. O atleta mira o bicampeonato no Mundial.

“Quis participar de uma seletiva visando a obter índice para os Jogos Equestres Mundiais. O maior índice que eu tenho é do Rio 2016 com Coco Chanel”, contou, acrescentando que a égua, que fica na Europa, está bem. “Ela melhorou bastante comparado com o tempo que montei no ano passado; ela se comportou muito bem”, avaliou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Oliva ficou apenas uma semana na Europa, treinando e competindo no concurso internacional. “Senti um pouco falta de treinamento em função do pouco tempo que passei. Minha intenção é ter mais tempo com a égua antes do mundial. Estou tentando viabilizar a ida para mais uma competição, mas o custo é alto”, adiantou.

Com relação às apresentações, Oliva disse que não ficou feliz, mas também não ficou decepcionado com os resultados e ressaltou o alto nível dos competidores. Medalha de bronze no Rio 2016, o cavaleiro paralímpico Sérgio Oliva já participou de três Jogos Olímpicos, três Jogos Equestres Mundiais, foi sete vezes campeão brasileiro e uma vez campeão mundial. Hoje, aos 35 anos, ele tem um novo sonho. “Quero ser bicampeão mundial nos Estados Unidos”, disse, em entrevista em março.

ostrah

Desempenho do Brasil
As provas ocorreram de 20 a 22 de abril. No primeiro dia, no grau 1, Sergio Oliva e Coco Chanel terminaram em quatro lugar com pontuação de 69,893 % e Vera Mazzili com Ballantine fizeram 65,357 %, ficando na 9ª colocação. Marcos Alves, montando Vladimir, competiu no grau 2 e fez 56,788%, ficando na 10ª e última colocação. O Brasil terminou o primeiro dia de provas na sétima colocação por equipes de um total de nove times.

No sábado, 21/4, Oliva obteve nota de 68,750% no individual grau 1, ocupando a 7ª colocação, e Mazzili ficou em 9º com 63,250%. Já na prova seletiva de estilo livre, Oliva pontuou 69,893 % e sua companheira de equipe, 65,357 %. No grau 2, Alves ficou décimo (último) lugar com 58,941% e não competiu no estilo livre. O Brasil fechou o segundo dia de provas na penúltima colocação (8º).

No último dia, as provas foram estilo livre (kur). Oliva pontuou 69,900%, ficando na sexta colocação e Mazzili obteve o oitavo lugar com 66,800 %. O Brasil terminou em penúltimo, na oitava colocação por equipes.

Confira todos os resultados aqui.

Fotos: divulgação / arquivo pessoal

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.