Alexandre Oliveira bate seu próprio recorde na média 1 no CAN

Alexandre Morais de Oliveira bateu seu próprio recorde na série média 1 profissional no último concurso nacional de adestramento deste ano, realizado dia 1º de dezembro junto com a final da Copa ABPSL, durante o Festival do Cavalo Lusitano

RECORDES_2018-12-01
Amplie a imagem

 

Montando J.A. Orpheu-do-Carnaval, Oliveira passou de 70,404%, que havia conseguido no CAN de julho, para 71,545%. Os demais recordes não tiveram alteração desde as últimas alterações no Campeonato Brasileiro e na Taça Brasil de Adestramento, quando quatro conjuntos alcançaram notas mais altas.

Adestramento Brasil está compilando os dados de provas oficiais realizadas até agora em 2018 para levantar quais são os recordes de porcentual dos concorrentes. Para efeito do recorde do ano, estão sendo consideradas apenas provas oficiais de federações, como o Campeonato Paulista e o Ranking Gaúcho, e da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), como concursos nacionais de adestramento (CAN) e o Campeonato Brasileiro (CBA). Apenas foram incluídos os resultados publicados em documentos oficiais. No entanto, cabe ressaltar que poucas federações e clubes divulgam os resultados nos sites e/ou enviam para a imprensa.

Recordes de 2018

Para chegar ao resultado — parcial, uma vez que os recordes de 2018 serão divulgados após o término da última prova do ano —, foram computados os melhores porcentuais de cada série e categoria em cada uma das provas válidas. Foram consideradas as provas de elementar a especial, amador e profissional. As demais séries, por, normalmente, contabilizarem poucos inscritos, não foram incluídas. O documento completo pode ser acessado aqui.

O objetivo de Adestramento Brasil é criar um banco de dados com os recordes em cada série e categoria para nortear os concorrentes e acompanhar o desenvolvimento do esporte.

Desde seu lançamento, Adestramento Brasil tem solicitado a federações e clubes que enviem calendário atualizado das competições, bem como programas, ordens de entrada e resultados. A meta, com isso, é manter constantemente atualizada a página com a agenda completa de todas as provas de adestramento do ano. Para inclusão de competições, favor enviar os dados para contato@adestramentobrasil.com.

Este trabalho de computar e comparar as notas vem sendo executado desde o ano passado. Na temporada paulista de 2017, foram elaborados gráficos com os resultados finais dos concorrentes do Ranking da SHP e da Copa CHSA. Com isso, foi possível observar a evolução ou o declínio dos conjuntos durante o ano. Veja aqui os gráficos contando as oito etapas do Ranking de Adestramento da Paulista e aqui das sete etapas da Copa CHSA de Adestramento

Outro exemplo de uso de gráficos é esta matéria que mostra como Charlotte Dujardin e Valegro aumentaram os índices olímpicos. Se, em Atenas 2004, a holandesa Anky van Grunsven com Salinero levou o primeiro lugar com 79,278%, nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Dujardin chegou a 93,857% com Valegro.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.