Após 71% em Aachen, Maria Caetano e Coroado buscam no Campeonato Europeu qualificar Portugal para Tóquio

Depois de finalizar as provas de grande prêmio (71,152%) e GP especial (71,362%) no CDIO 5* do CHIO Aachen com notas acima dos 71%, a portuguesa Maria Caetano e o puro sangue lusitano Coroado AR se preparam para, segundo ela, a competição mais importante deste ano: o Campeonato da Europa em Rotterdam (Holanda). “Para o ano, temos a Olimpíada para a qual vamos lutar para nos qualificarmos”, contou ao Adestramento Brasil.

Para a equipe portuguesa se qualificar por equipe para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 é preciso ficar entre as melhores equipes no Campeonato da Europa. Isto porque, segundo as regras de qualificação, o Campeonato Europeu garante três vagas por equipe para os países dos grupos A (Europa Ocidental do Norte) e B (Europa Ocidental do Sul), exceto os já qualificados — Alemanha, Inglaterra, Suécia, Holanda e Espanha, junto com os Estados Unidos, garantiram a participação por times em Tóquio nos Jogos Equestres Mundiais (WEG). “Caso isso não aconteça [vaga por equipe], vou tentar qualificar-me como individual. Para isso tenho que lutar para subir no ranking olímpico e poder entrar na lista dos conjuntos individuais”, explicou.

Ao comentar sua participação em Aachen, Caetano afirmou que o Coroado fez duas provas com bastantes pontos altos. “Gostei do feeling que ele me passou em pista, principalmente nos exercícios de reunião (passage, piaffe e piruetas). Infelizmente, tivemos um pequeno desentendimento nas mudanças a tempo, o que nos fez perder pontos preciosos. Mas creio que é um exercício que facilmente podemos melhorar nos próximos concursos e subir ainda mais a pontuação”, disse. “De qualquer forma a nota consistente de 71% nos dois dias e ainda com o erro das mudanças, me deixa muito feliz. Aachen é a catedral e a prova mais exigente do hipismo, por isso, pontuar assim no CDI5* entre os melhores do mundo é muito difícil”, completou.

Ela contou que o Coroado não é um cavalo que precise treinar muito os movimentos difíceis da prova. No dia a dia, a amazona portuguesa foca principalmente na manutenção física do lusitano, com uma ginástica adequada. “Como temos tido uma época com muitas competições tento sempre dar férias para ele entre cada competição grande e para recuperar a nível físico e mental. Ele é um cavalo muito inteligente e que gosta de cooperar, por isso, não precisa repetir muitas vezes a mesma coisa ou de estar treinando muitas vezes os movimentos da prova.”

Passado o Campeonato Europeu, Caetano e Coroado voltarão a fazer o circuito da Copa do Mundo da FEI com objetivo de se qualificarem para a final.

Campeonato Europeu
Realizado em Rotterdam, na Holanda, o Campeonato Europeu deve receber 220 competidores, representando 33 países que disputarão as modalidades de adestramento, salto e adestramento paraequestre entre os dias 19 e 25 de agosto. No adestramento, são esperados 70 conjuntos de 24 países.

O júri, composto somente de juízes internacionais FEI 5*, será presidido pela holandesa Mariette Sanders. Compõem o júri de campo: Isabelle Judet (França); Susanne Baarup (Dinamarca); Janet Foy (Estados Unidos); Clive Halsall (Inglaterra); Irina Maknami (Rússia) e Evi Eisenhardt (Inglaterra).

As inscrições por conjunto custam 654 euros (com impostos) e haverá distribuição de prêmios em espécie de 220 mil euros para os mais bem-classificados. Confira o programa aqui.

CHIO Aachen
No dia em que completou 50 anos, Isabell Werth venceu pela 13ª vez — e pela terceira vez consecutiva — o Deutsche Bank Prize, a prova de GP em estilo livre em música (freestyle) no CDIO 5* do CHIO Aachen. Depois de alcançar a vitória, em anos anteriores, com Weihegold e Emilio, neste ano, foi com Bella Rose que a alemã subiu ao pódio, após obter porcentual final de 90,450% (clicando aqui pode-se averiguar as notas das figuras que cada juiz deu). A Alemanha, seguida da Dinamarca e dos Estados Unidos, venceu a Copa do Mundo Lambertz de 2019.

Werth ganhou todas as provas — GP, GP especial e freestyle — do CDIO 5* do CHIO Aachen. Tanto no GP quanto no GP especial, as três primeiras posições foram as mesmas, com Dorothee Schneider e Showtime em segundo e Charlotte Dujardin e Erlentanz em terceiro lugar. Já no freestyle, a alemã Jessica von Bredow-Werndl com TSF Dalera BB ficaram na terceira posição, seguida de Cathrine Dufour e Bohemian e, em quinto, Dujardin e Erlentanz.

Foto: Lars Jehmiller


Apoie_AB_PayPalAssim como diversos sites jornalísticos, Adestramento Brasil não fechou o conteúdo para assinantes, mas convida os leitores a colaborar financeiramente com a produção editorial. 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.