Concurso completo estreia reprise nova de adestramento; Brasil compete por equipe

Uma nova reprise de adestramento será executada nas provas do concurso completo de equitação nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O novo teste é mais curto, leva pouco menos de quatro minutos. As provas de dressage, primeira das três modalidades que devem ser executadas (somam-se cross country e salto), começam nesta sexta-feira (30/7), às 8h30, no horário local do Japão — quinta (29/07), às 20h30 de Brasília. O Brasil compete por equipe e no individual com Carlos Eduardo Parro com Goliath; Marcelo Tosi com Genfly; e Rafael Mamprin Losano com Fuiloda G.

Apoie_AB

Informação bem apurada, confiável e relevante faz toda a diferença. Enquanto agradecemos a todos apoiadores e anunciantes do site, reforçamos que precisamos da colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.Clique e seja um apoiador via Paypal. Você que escolhe o valor! Você também pode contribuir anunciando ou fazendo Pix (contato@adestramentobrasil.com)

De acordo com a Confederação Brasileira de Hipismo, o Brasil fez sua estreia na modalidade nos Jogos de Londres, em 1948, com time formado apenas por militares: os capitães Aécio Marrot Coelho com Guapo, Anísio Rocha com Sahib e Renyldo Ferreira com Índio; e general Edgar Amaral como chefe de equipe e o capitão Darcy Villaça como veterinário.

Às vésperas da estréia foi feita uma improvisada troca dos cavalos: Guapo, montaria de Eloy Meneses — que competia no salto — foi cedida para Aécio Marrote Coelho, enquanto Menezes montou Sabu, o cavalo reserva. A substituição foi acertada e Aécio e Guapo entrariam para a história da modalidade no País ao conquistar o 7º lugar, melhor resultado individual do Brasil até o momento, conta a CBH.

Saiba como funcionam as provas de adestramento no concurso completo de equitação

O Brasil só voltaria a competir nos Jogos de Barcelona, em 1992, com Serguei (Guega) Fofanoff montando Éden e Luciano Miranda Drubi com Xilena. Em Atlanta 1996, o Brasil ficou em 13º lugar por equipe; em Sidney 2000, o Brasil conquistou seu melhor resultado da modalidade em Olimpíadas até o momento: 6º lugar por equipe. Em Atenas 2004, o País foi 11º por equipe; em Pequim 2008, 10º lugar; em Londres 2012, melhorou a classificação para 9º lugar e no Rio 2016, subiu para 7ª colocação por equipes.

Em Tóquio, assim como nas outras modalidades, as equipes de hipismo contam somente com três atletas sem direito a descarte. (continua…)

Pelo Brasil, Marcelo Tosi será o primeiro em pista nesta sexta, 30/07, às 10h04 no horário de Tóquio (quinta, 29/7, 22h04 de Brasília). Rafael Mamprin Losano entra no segundo bloco, às 19h32 (7h32 de 30/7 no hrorário de Brasília) e Carlos Parro fecha a participação brasileira sendo o último competidor da ordem de entrada, às 10h50 de sábado (22h50 de sexta aqui). Confira a ordem de entrada completa.

A inspeção veterinária do concurso completo foi na quinta-feira (29/7) às 9h30 do Japão (quarta, 21h30 de Brasília). As provas de adestramento estão divididas em três sessões: dia 30/7, 8h30 local (quinta, 20h30 de Brasília); 30/7, às 17h30 do Japão (5h30 de Brasília); e sábado (31/7), às 8h30 local (sexta, 20h30 de Brasília).

Depois são disputadas as provas de cross country (equipe e individual), com o salto definindo as equipes e qualificando para o individual na segunda 2/8 17h loval (5h de Brasília). A final individual é definida em prova de salto na segunda, 2/8, 20h45 local (8h45 de Brasília).

Foto: Luis Ruas / CBH

Acompanhe a cobertura de Adestramento Brasil sobre os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 – página especial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.