Prova FPH, válida para Troféu Eficiência, tem 20 conjuntos; confira como foi a competição

Com 20 conjuntos, número inferior aos 37 que participaram da prova anterior, a segunda prova do ano realizada pela Federação Paulista de Hipismo e válida para o Troféu Eficiência, ocorrida neste domingo (12/09), no Clube Hípico de Santo Amaro, teve as principais disputas na forte 2 profissional, média 2 amador e preliminar amador, cada uma com três concorrentes. As reprises foram julgadas por Sandra Smith (em H), Natacha Waddell (em C) e Márcio Camargo (em B).


Apoie_AB

Informação bem apurada, confiável e relevante faz toda a diferença. Enquanto agradecemos a todos apoiadores e anunciantes do site, reforçamos que precisamos da colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.

Clique e seja um apoiador via Paypal. Você que escolhe o valor!

Você também pode contribuir anunciando ou fazendo Pix (contato@adestramentobrasil.com)


Lindinha Macedo, diretora de adestramento da Federação Paulista de Hipismo (FPH), disse que esperava um número maior de concorrentes, mas reforçou que a FPH segue firme e forte em seu objetivo. “Incluímos a série estreante e abrimos esta prova para pônei, porque a ideia é fomentar sempre o esporte”, assinalou ao Adestramento Brasil.

Macedo lembrou que o Campeonato Paulista de Adestramento para todas as séries, exceto cavalos novos, que já foi realizado, vai ocorrer em dezembro em Tatuí, junto com o Festival do Cavalo Lusitano. O CPA será disputado em dois dias de provas e valerá para o Troféu Eficiência.

Para os juízes Natacha Waddell e Marcio Camargo, as séries mais fortes foram destaque da etapa. “De uma maneira geral, os cavalos que vinham evoluindo nas séries fortes estão todos melhorando. Acho que está em uma evolução boa. Nas outras categorias, você tem as pessoas que estão na categoria que eles deveriam estar e alguns que, infelizmente, estão pulando as etapas”, apontou Waddell.

“As séries mais fortes tiveram as notas altas. Eu gostei bastante dos dois GPs. Foi uma etapa bem interessante, que, embora não tenha tido muitos concorrentes, os poucos montaram direitinho”, afirmou Camargo.

Em 2021, diferentemente do que vinha ocorrendo nos anos anteriores, as provas da federação válidas para o Troféu Eficiência não ocorrem junto com rankings de hípicas. “Fizemos modificações no sentido de trazer a memória das provas grandes da federação e colocar a FPH como protagonista. Decidimos fazer provas da federação em parceria com o lusitano e o CCE”, disse Lindinha Macedo, no início do ano, em entrevista (leia aqui).

Para o Troféu Eficiência, é necessário que o conjunto tenha participado em pelo menos 50% das etapas e a somatória de pontos segue a tabela da FPH, na qual o conjunto recebe pontos segundo a classificação e o número total de concorrentes na categoria. Confira regulamento 2021 da FPH

Como funciona o Troféu de Eficiência?
O Troféu Eficiência é disputado ao longo do ano desportivo, tomando por base os eventos constantes do calendário oficial da FPH e CBH.

Provas válidas para o Troféu Eficiência
Os eventos têm coeficientes diferentes, com o intuito de fomentar a participação nos eventos estaduais e paulistas, sendo:
* Campeonato Paulista (coeficiente x 3)
* Temporadas e regionais (coeficiente x 3)
* Taça São Paulo (coeficiente x 3)
* Campeonato Brasileiro (coeficiente x 1)
* Campeonatos Nacionais – CAN (coeficiente x 1)
* Campeonatos Internacionais – CDI (coeficiente x 1)

Contagem de Pontos
Será campeão o conjunto que somar a maior pontuação obtida em uma determinada categoria ou série, segundo tabela (ver abaixo) que considera colocação e número de concorrentes. Não serão efetuados descartes, ou seja, todas as provas válidas serão computadas para o Troféu Eficiência, mas as competições têm distintos coeficientes. No caso de empate, será utilizado o maior número de vitórias para fazer o desempate.

Participação
Será necessária a participação em pelo menos 50% das provas que constam do calendário oficial da FPH para disputar o Troféu Eficiência. Só poderão participar do Troféu Eficiência os conjuntos regularmente inscritos, cadastrados e com os registros regularizados junto a FPH, devendo estes pertencer a uma Entidade Filiada ou serem convidados da FPH. O conjunto só pontuará em cada etapa para o Troféu Eficiência, se o animal possuir o passaporte corretamente preenchido e estiver em dia com os respectivos registros junto a FPH.

Chicote
Permitido nas etapas do Troféu Eficiência, exceto nos campeonatos paulista para todas as categorias e séries, campeonato paulista de cavalos novos e Taça São Paulo. No CBA, ele também não está permitido.

Entrega da premiação
Os vencedores de cada série e categoria receberão o prêmio em uma confraternização organizada pela FPH.

Uma resposta para “Prova FPH, válida para Troféu Eficiência, tem 20 conjuntos; confira como foi a competição”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.