João Victor Oliva e Escorial ficam em 5º no GP e se classificam para kür no CDI 3* de Hagen

No primeiro campeonato internacional depois de ter classificado em 26º nos Jogos Olímpicos de Tóquio, João Victor Marcari Oliva e o puro sangue lusitano Escorial Horsecampline mantiveram-se na casa dos 70% de nota final no CDI 3* de Hagen, na Alemanha, disputado em meio ao Campeonato Europeu. Com 70,043%, o conjunto terminou o grande prêmio, disputado nesta sexta (10/09), em quinto lugar e garantiu vaga no grande prêmio estilo livre que ocorre no próximo domingo (12/09).


Apoie_AB

Informação bem apurada, confiável e relevante faz toda a diferença. Enquanto agradecemos a todos apoiadores e anunciantes do site, reforçamos que precisamos da colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.

Clique e seja um apoiador via Paypal. Você que escolhe o valor!

Você também pode contribuir anunciando ou fazendo Pix (contato@adestramentobrasil.com)


Em entrevista a Adestramento Brasil, Oliva lamentou o tropeço no trote alongado e o erro na mudança do ziguezague. “Agora é tentar não errar para as próximas para a gente ter o melhor resultado. Não estamos muito felizes, porém, é levantar a cabeça, melhorar e tentar tirar mais pontuação, porque o cavalo é capaz de pontuar mais”, disse.

Depois de Tóquio, Escorial descansou quase duas semanas e retomou o treinamento gradativamente. Oliva afirmou que o lusitano está em forma e muito bem.

“Senti o cavalo bem, mas fomos prejudicados logo no início, porque o cavalo tropeçou no trote largo e galopou, uma coisa que nunca tinha acontecido. Fizemos este erro, que custou muita nota, e também o ziguezague, que, em uma das mudanças, o cavalo atrasou o pé. Ainda não vi direito [o vídeo], mas falhou uma das mudanças. Então, não estamos muito contentes, porque sabemos que a pontuação poderia ser muito melhor. O cavalo fez o que vinha fazendo, então, isso quer dizer que ele está melhorando, ficando cada vez mais forte e melhorando a parte básica – de passo, trote e galope. O cavalo está se movimentando melhor e cada vez mais forte”, acrescentou.

Oliva competiu com outros 28 concorrentes. O conjunto obteve 67,826% com Alice Schwab, juíza FEI 4* pela Áustria; 68,587% com Alban Tissot, FEI 4* pela França; 71,848% com Magnus Ringmark, FEI 5* pela Suécia; 71,630% com Christof Umbach, FEI 5* por Luxemburgo; e 70,326% com Frederico Pinteus, FEI 3* por Portugal.

Os 15 conjuntos mais bem classificados no GP ficaram aptos para competir – a escolha deles – ou o grande prêmio especial com música ou o grande prêmio estilo livre com música, esta última que foi a opção do João Oliva.

O CDI 3* é uma das competições que ocorrem concomitantemente ao Campeonato Europeu. Há também provas U-25 (concorrentes com até 25 anos), além de saltos.

* Foto: conjunto competindo em Tóquio – CBH

2 respostas para ‘João Victor Oliva e Escorial ficam em 5º no GP e se classificam para kür no CDI 3* de Hagen’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.