Lindinha Macedo avalia Paulista de Cavalos Novos e explica troféu de grande campeão

A Federação Paulista de Hipismo instituiu o troféu de grande campeão, que consagra o conjunto que obteve maior porcentual no Campeonato Paulista de Cavalos Novos. Trata-se de um título transitório e que, após três vezes alcançando a nota mais alta, o dono da melhor marca leva o troféu para casa. Em 2022, quem levou foi Nirvana V.O, que obteve média final dos dois dias de 77,450% na sela de Eduardo Alves de Lima. Em entrevista com Adestramento Brasil, Lindinha Macedo, diretora de adestramento da FPH, avaliou o campeonato e deu detalhes da novidade.

O Campeonato Paulista de Cavalos Novos 2022 teve a categoria 5 anos como a mais disputada, com sete conjuntos. A competição ocorreu no último fim de semana (09 e 10/07) no Centro Hípico de Tatuí (CHT). “Fiquei muito feliz com o campeonato. Desde que decidimos fazer cavalos novos separadamente de amador e profissional, ele vem crescendo”, apontou a diretora.

Ela destacou a competitividade em 5 anos e o nível dos animais apresentados durante a competição. “Cavalos novos são a base de tudo; é ali que conseguimos visualizar o que vem pela frente. Fiquei bem satisfeita”, destacou.

Do ponto de vista de criadores, Macedo ressaltou a relevância da prova de cavalos novos. “É muito importante, porque o julgamento é das andaduras, do treinamento, de como tudo está sendo feito e da possibilidade de potencial que o cavalo vai ter no futuro”, disse.

Grande campeão
Em 2022, a FPH instituiu uma novidade. É o troféu de grande campeão, outorgado a quem obteve o maior porcentual entre todos os conjuntos disputando todas as categorias do Paulista de Cavalos Novos. “Criamos um troféu de posse transitória. A Claudia Mesquita é consultora da FPH, pelo vasto conhecimento que ela tem, e ela deu esta sugestão. Instituímos a taça de posse transitória que é dada ao conjunto da melhor nota. O cavaleiro que ganhar vai ter placa com o nome dele. Depois de três vezes consecutivas com o maior porcentual do conjunto ganhar, o troféu fica com ele”, explicou.

Se o conjunto não se mantém com o porcentual mais alto, a taça muda de mãos. “É um título importante o de grande campeão de cavalos novos; é um plus para o cavaleiro e a taça é muito bonita. Cavalos novos é a base para tudo”, reforçou a diretora.

A taça vai sempre para o melhor resultado, que, neste ano, foi de Nirvana V.O. Montada por Eduardo Alves de Lima, o conjunto fez, em cinco anos, 78,600% no primeiro dia e 76,300% no segundo, tendo uma média de 77,450%. Confira os resultados completos.

Com relação aos amadores, ela disse que esperava mais gente. Apenas cinco conjuntos competiram nas provas que foram válidas para o Troféu Eficiência. Lindinha Macedo adiantou, ressaltando o trabalho do time da FPH, que uma parcial dos resultados do TE deve sair em breve.

A diretora também falou sobre aumentar o quadro de juízes. Cursos estão sendo feitos neste ano — em julho, a juíza internacional FEI 4* de adestramento Mercedes Campdera Alatorre ministrará curso nacional e estadual (SP) de formação e atualização de juízes em São Paulo.

“Tenho ficado muito feliz também com o curso de juízes e tenho colocado juízes candidatos nas provas de ranking. Tem de fazer o curso, o shadow judging e o sit-in. A gente começa a colocar para julgar, porque preciso aumentar o quadro da federação. Devemos fazer um novo curso no segundo semestre”, adiantou.

>>> Confira todas as matérias sobre o fim de semana de provas no Centro Hípico de Tatuí

Uma resposta para “Lindinha Macedo avalia Paulista de Cavalos Novos e explica troféu de grande campeão”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.