Mercedes Campdera, FEI 4*, ministra curso de formação e atualização de juízes em SP

A juíza internacional FEI 4* de adestramento Mercedes Campdera Alatorre ministrará curso nacional e estadual (SP) de formação e atualização de juízes em São Paulo nos dias 20 e 21 de julho, antes, portanto, do CDI 3* no qual ela faz parte do júri de campo. De acordo com Claudia Mesquita, presidente da comissão de juízes da Confederação Brasileira de Hipismo, a CBH e a Federação Paulista de Hipismo estão dando início a uma série de cursos presenciais que serão realizados na mesma semana que ocorrem concursos internacionais e nacionais, além de campeonatos estaduais.

O Adestramento Brasil completa 5 anos em junho! Gosta do jornalismo do site? Ele só existe, porque pessoas como você apoiam ou anunciam. Sem isso, não tem como continuar com a produção. Seja um anunciante ou contribua no valor que quiser via PayPal (cartão de crédito) ou Pix (contato@adestramentobrasil.com).

“Neste primeiro, teremos a juíza internacional de adestramento, paraequestre e CCE Mercedes Campdera. Tenho certeza que este curso será extremamente interessante, pois a sua abordagem, além de ser técnica, também tem uma visão prática de como o cavaleiro deve montar um determinado movimento”, ressaltou Mesquita.

Mercedes Campdera é mexicana e, além de juíza de adestramento FEI 4, é steward FEI 1* e juíza FEI 3* de concurso completo de equitação (CCE); juíza FEI 4* de adestramento para jovens cavaleiros e juíza FEI 3* de adestramento paraequestre. Confira sua página na FEI.

O curso focará em small tour (prêmio são jorge e intermediária 1) e big tour (grande prêmio e GP especial).

O curso é para juízes nacionais, estaduais e interessados (ouvintes). Haverá exame para os interessados em ingressar ou fazer uma promoção nos quadros de juízes da CBH e FPH, lembrando que é necessário ainda cumprir os demais pré-requisitos, segundo os regulamentos nacional e paulista.

O certificado de participação estadual será dado pela FPH e o nacional, pela CBH. As inscrições para o curso custam R$ 400 e devem ser feitas por e-mail até 15 de julho.

>>>> Confira o panfleto do curso

Como ser juiz estadual pela FPH
O quadro de juízes de adestramento da FPH tem três categorias de juízes estaduais: 3, 4 e 5*. Para ingressar no quadro, é necessário cumprir pré-requisitos. São eles:

  • Ser juiz em clube ou associação filiada à FPH e ter experiência comprovada de no mínimo um ano em julgamento de provas em seu clube ou associação.
  • Ter participado de provas de adestramento como atleta em eventos da modalidade em âmbito estadual. Casos excepcionais serão analisados pela diretoria de adestramento da FPH, sendo necessário realizar dois “shadow judgings” (SJ) e dois “sit-ins”, de, no mínimo, seis cavalos cada um.
    • “Shadow judging” (SJ) ou “julgamento sombra” é aquele no qual o juiz candidato julga de forma independente do painel de juízes oficiais da competição, sem que seus pontos sejam validados para o resultado final da prova. O juiz avaliador analisa e discute o resultado final do SJ com o juiz candidato. O juiz avaliador poderá escolher um segundo juiz para avaliar e discutir em conjunto o resultado do SJ. Já no “sit-in” (SI), o juiz candidato senta em conjunto com um juiz pertencente ao júri de campo oficial da competição.
  • Ter até 65 anos, idade máxima, para ingresso no quadro.
  • Ter participado de um curso de formação de juízes de adestramento, homologados pela FPH nos dois anos que antecedem o ingresso ao quadro. Um dos cursos obrigatoriamente deve ter exame.
  • Ter realizado prova teórica e prática durante o curso de formação de juízes, com média igual ou superior a sete em cada uma delas.
  • Ter realizado SJ com um mínimo de seis cavalos, sendo obrigatoriamente dois cavalos da série média 2.
  • Ter realizado SI com um mínimo de seis cavalos, sendo obrigatoriamente dois cavalos da série média 2.
  • O SJ e o SI podem ser realizados no mesmo concurso. Tanto SJ quanto SI devem ser realizados no período de um ano que antecede à solicitação de ingresso ao quadro.
  • A solicitação para o exame deve vir por meio do clube ou da associação estadual, que deverá verificar e enviar toda a documentação comprobatória (ficha de informação e fichas de SJ e SI constantes do Regulamento de Adestramento 2021).
  • Só poderão prestar prova candidatos que tenham previamente cumprido os pré-requisitos acima.

Início das seletivas
Depois do curso, ocorrem o CDI 3* e o CAN na Sociedade Hípica Paulista (SHP). Será o primeiro de dois CDIs 3* válido como observatória da CBH para formação da equipe brasileira nos Jogos Sul-Americanos Assunção 2022.

As provas são de 22 a 24 de julho. O júri de campo será presidido por Cesar Lopardo Grana (FEI 4* pela Argentina) e terá como membros, além de Mercedes Campdera, Claudia Moreira de Mesquita (FEI 4* pelo Brasil); Natacha Waddell (FEI 4* pelo Brasil); Carlos Lopes (FEI 4* por Portugal) e Magnus Ringmark (FEI 5* pela Suécia).

Leia também:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.