Conjuntos paraequestre disputam Paulista e sonham com Paralimpíada

Em comum, o sonho de competir nos Jogos Paralímpicos e histórias de superação que têm o cavalo como o principal vetor da mudança. Por meio do hipismo, atletas portadores de deficiências recuperam a autoestima e a confiança e melhoram o equilíbrio. “[Com o paraequestre] percebi que sou boa e fiquei melhor comigo mesma, além do amor pelo animal”, resumiu Ana Luiza Gresenberg Berbari, que levou o primeiro lugar na categoria Grau III, na prova que retomou as competições de adestramento paraequestre no Estado de São Paulo.

Ana_paraequestre
Ana Luiza Berbari ganhou em Grau III montando Zigue Integrado

Depois de quase sete anos, as provas da modalidade voltam a ser realizadas em SP. A primeira de 2017 ocorreu em 5 de agosto na Sociedade Hípica Paulista (SHP), junto com a 5ª etapa do ranking de adestramento e 11ª etapa do Campeonato Paulista de Adestramento. De acordo com Capitão Syllas Jadach Oliveira Lima, diretor de paraequestre da Federação Paulista de Hipismo (FPH), a meta é ter mais uma competição neste ano e realizar um Campeonato Paulista no ano que vem.

“Para 2018, a ideia é fazer um campeonato junto com os rankings de adestramento. Como o público é menor e muitos estão mais afastados [da capital paulista], pensamos em quatro ou cinco etapas, mais espaçadas umas das outras para os atletas se organizarem para competir”, revelou ao Adestramento Brasil.

Aos 18 anos, Ana Luiza Berbari ganhou na sua categoria montando Zigue Integrado e representando a Sociedade Hípica Paulista. “Eu sempre andei a cavalo, desde pequena”, contou. Ela sofreu um AVC aos sete anos e, aos oito, iniciou aulas na equoterapia. Antes de migrar para o paraequestre, a atleta praticou volteio por 1,5 ano. A prova de 5/8 foi sua primeira na modalidade. “Achei que fui bem”, avaliou. “Meu sonho é entrar para Paralimpíada, mas para chegar lá preciso lutar bastante”, revelou a amazona que planeja fazer faculdade de psicologia esportiva para trabalhar com cavalos.

Camila_Bueno_paraequestre_montando
Camila Fernanda Bueno montando Mexicana Campagna

Segunda colocada na categoria Grau IV montando Mexicana Campagna, Camila Fernanda Bueno, de 28 anos, sofreu paralisia cerebral ao nascer. Ela pratica hipismo desde os 16 anos e, atualmente, monta duas vezes por semana na Hípica Campagna. Tanto esforço já deu resultado: a amazona foi vice-campeã brasileira de adestramento paraequestre em 2016 e 2017. “O cavalo me ajuda em muita coisa, como a melhorar meu equilíbrio e a aumentar minha confiança”, contou a atleta que tem uma filha de seis anos.

Leia também: Adestramento paraequestre não é equoterapia melhorada

Classificado em terceiro com Leopardo Campagna, Jefferson Willian Teodoro, de 28 anos, nasceu cego. Ele monta desde 2002, mas fazia três anos que não entrava em competições. “Já fui campeão brasileiro, vice paulista e já participei de sul-americano”, disse Teodoro. “Meu sonho é chegar à Paraolimpíada.”

Também representando a Hípica Campagna, Luiz Paulo Galdino, com Mexicana Campagna, e Rodolpho Luis Bertassoli Lucas, de 29 anos, montando Charlotte Campagna, participaram pela primeira vez da competição. Bertassoli Lucas, que sofreu um AVC aos 22 anos, sagrou-se campeão. Galdino, de 29 anos e que teve meningite quando era bebê, ficou com a quarta colocação.

Para o professor Lucas Campagna da equipe que representa Araras e conta com apoio da prefeitura da cidade, a etapa serve de treino para a Copa Brasil de Adestramento Paraequestre, que ocorre em setembro, em Brasília. A etapa será classificatória para o Campeonato Mundial de Adestramento Paraequestre de 2018. “O sonho paraolímpico começa aqui”, destacou o professor.

Fotos: Fernanda Otero

 

Anúncios

4 respostas para ‘Conjuntos paraequestre disputam Paulista e sonham com Paralimpíada’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.