Rodrigo Evangelista enfatiza escala de treinamento em clínica

Como manter o contato e o ritmo, conhecer a geometria das figuras do adestramento e entender a importância da escala de treinamento foram alguns dos temas abordados pelo cavaleiro profissional Rodrigo Evangelista em clínica no Centro Equestre Bevito de 12 a 14 de janeiro.

Evangelista lembrou que, para ter ritmo e contato, o cavalo precisa estar descontraído. “É necessário montar no movimento do cavalo e entender que o cavalo tem três andamentos e que cada um tem seu ritmo: quatro tempos no passo, três tempos no galope e dois tempos no trote”, detalhou.

clinica_Bevito3
Clínica teve alunos de diversos níveis

Com 11 alunos do nível escola até média 1, clínica teve como objetivo proporcionar a cavaleiros e amazonas da região Sul do Brasil a oportunidade de conhecimento e aperfeiçoamento da modalidade adestramento, a melhora do trabalho de plano para todos os níveis de equitação e também para incentivar a prática da modalidade no Rio Grande do Sul.

Um dos alunos foi Ede de Boni, que buscou, com as aulas, aperfeiçoar o conhecimento no adestramento, modalidade na qual compete na categoria profissional, e também melhorar o trabalho de plano que faz com os cavalos antes de começar a iniciação para saltar. “O que mais vou levar [da clínica] é sempre voltar para o básico e a suavidade como ele trabalha. Montar mais com o coração e o pensamento. Com força nunca se vai chegar a lugar nenhum, mas com calma e paciência alcança bons resultados”, contou.

clinica_Bevito2
Ede de Boni: montar mais com o coração e o pensamento

O cavaleiro ressaltou a importância de ter a base bem executada. “Muitas vezes, por achar que já está bom o trabalho, acabamos tentando fazer outros exercícios onde as manobras não são bem executadas por não ter ficado bem o básico”, completou.

Para Adriana Ritter, amazona que fez a clínica e proprietária do Centro Equestre Bevito ao lado de Ede de Boni, as aulas foram essenciais para reforçar que, quando se monta a cavalo, um bom assento junto com um olhar concentrado para o próximo movimento a ser realizado faz com que o conjunto realize o exercício mais próximo ao resultado esperado.

“Como organizadora, entendo que atingimos o objetivo de incentivar a prática do adestramento e conseguimos que pessoas de diversos níveis de conhecimento técnico aproveitassem a clínica e saíssem no domingo [último dia] com o desejo de mais iniciativas como essa. Desta forma, queremos ainda este ano realizar novas clínicas de adestramento”, disse, completando que Evangelista atender a todos os níveis técnicos de uma forma que todos ficaram satisfeitos e motivados a seguir se aprimorando.

Fotos: divulgação

calhau_interno

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.