Tag: Contato

16 problemas e soluções por Ingrid Borghoff Troyko

O que fazer quando, no círculo, o cavalo tende a se desequilibrar para fora? E quando, durante o trabalho de flexionamento, o cavalo se debruça demais e pesa sobre as mãos? Ou ainda quando o cavalo tem dificuldade de se descontrair e soltar a musculatura do dorso? Essas são algumas das perguntas respondidas por Ingrid Borghoff Troyko em seu livro “Manual de Equitação Fundamental”.
Leia mais

Trabalho de guia dá ritmo, descontração e colocação natural aos cavalos

Recurso de exercício importante, mas pouco utilizado, o trabalho de guia deveria ser incorporado à rotina dos cavalos, conforme explica Ingrid Borghoff Troyko, no capítulo 17 do “Manual de Equitação Fundamental”, obra que Adestramento Brasil está publicando. Segundo ela, cavalos novos ou tensos (já iniciados no trabalho montado), deveriam fazer o seu aquecimento primeiramente na guia para facilitar a descontração, buscar seu equilíbrio e brincar um pouco.
Leia mais

Como fazer o cavalo ficar redondo?

AB_Pergunte_expert-peqUma das perguntas mais recebidas na seção Pergunte ao Expert é com relação a como colocar o cavalo na mão. Yara do Amaral Fernandes e André Ganc já escreveram sobre o assunto — leiam aqui e aqui. Um capítulo do livro de Ingrid Borghoff Troyko também aborda o tema e aponta que colocar artificialmente a cabeça “quebra” terceira vértebra. Desta vez, quem dá dicas é Clara Machado, amazona profissional de adestramento, FEI Coach Level 2 e fundadora do Dressage Team RS.

Leia mais

O que significa colocar o cavalo na mão? Yara Fernandes responde

O que significa ter o “cavalo na mão” e como fazer isto? A questão é um dos temas mais recorrentes a quem está aprendendo adestramento e, por isto, Adestramento Brasil recebe constantemente perguntas sobre como buscar o contato e conseguir deixar o cavalo na mão. Em outubro de 2017, o treinador e juiz Andre Ganc já havia opinado sobre o assunto e, desta vez, quem dá dicas é Yara do Amaral Fernandes. A amazona representou o Time Brasil, no final do ano passado, no CDI* Buenos Aires quando o Brasil conquistou o primeiro lugar e, assim, a vaga para concorrer por equipe nos Jogos Pan-Americanos de Lima.

Leia mais

Colocar artificialmente a cabeça “quebra” terceira vértebra, ensina Ingrid Borghoff Troyko

Tentar impor uma colocação artificial de cabeça ocasionará uma falsa posição e ao mesmo tempo a “quebra” da terceira vértebra, que seria o ponto mais alto do pescoço, logo atrás da nuca, ensina Ingrid Borghoff Troyko em seu “Manual de Equitação Fundamental“. No capítulo publicado nesta semana, a amazona e treinadora explica que o ideal no trabalho de contato seria o cavalo procurar o apoio leve nas mãos do cavaleiro, e a estas garantir a sua atitude.

Leia mais