Tag: Claudia Leschonski

Reunião não pode sacrificar os elementos anteriores, frisa Claudia Leschonski

Última etapa na escala de treinamento, a reunião não pode sacrificar os elementos anteriores, principalmente, a descontração e o ritmo; e alcançar a reunião não significa apenas pensá-la em seus graus máximos, como em piaffe ou passage, explica Claudia Leschonski, médica veterinária e instrutora na Universidade do Cavalo (UC), em entrevista para a série que Adestramento Brasil publica destrinchando os aspectos da escala de treinamento (leia o especial completo). “Se a descontração e o ritmo se perderem, a reunião não vale a pena ser mantida”, ressalta. Leia a seguir a entrevista.
Leia mais

Retidão é simetria, força e coordenação, explica Claudia Leschonski

Ser simétrico, conseguir executar bem os exercícios em ambos os lados, com o posterior seguindo exatamente a linha do anterior faz parte da retidão, penúltimo degrau na escala de treinamento. “Retidão significa que cada posterior segue alinhado com seu anterior, na reta e na curva”, explica Claudia Leschonski, médica veterinária e instrutora na Universidade do Cavalo (UC) em mais uma entrevista para a série especial que Adestramento Brasil está publicando sobre a escala de treinamento. De forma bastante didática, a professora detalha o que é retidão, faz analogias para facilitar a compreensão dos conceitos e aponta exercícios para conseguir alcançá-la. Confira a íntegra da entrevista:
Leia mais

Escala de treinamento na prática: entenda cada uma das etapas

Mantra do adestramento, a escala de treinamento deve ser utilizada seja para se fazer cavalos, seja, nos treinos, como orientação para uma sessão de trabalho. Em uma série de entrevistas para Adestramento Brasil, Claudia Leschonski, médica veterinária e instrutora na Universidade do Cavalo (UC), explica cada uma todas as etapas da escala, dando exemplos claros e de fácil entendimento para que amadores e profissionais entendam os conceitos e como aplica-los. Leia mais

Impulsão age como mola propulsora e é pré-requisito para equitação avançada

A impulsão é o quarto elemento da escala de treinamento e o primeiro da metade superior, ou seja, ela marca a passagem de patamares mais básicos para ir em direção ao intermediário, quando se tem um cavalo mais avançado. Mas o que caracteriza a impulsão e como alcançá-la? Depois de explicar ritmo, descontração e contato, Claudia Leschonski, médica veterinária e instrutora na Universidade do Cavalo (UC), detalha o que é impulsão e o que fazer para obtê-la.
Leia mais

Toda tensão indevida nas rédeas estraga o contato, aponta Claudia Leschonski

“A embocadura é só uma maneira de a gente transmitir a nossa intenção ao cavalo, mas ele tem de estar previamente preparado para entender o que se pede e ter condições físicas e técnicas para executar”, explica Claudia Leschonski, médica veterinária e instrutora na Universidade do Cavalo (UC). Na primeira parte da entrevista, Leschonski frisou que ritmo e descontração são objetivos da doma e abordou os fundamentos de como, idealmente, deve ocorrer o treinamento do animal — leia aqui. Agora, a especialista analisa como deve ser o contato e fala sobre o que fazer e o que não fazer para obtê-lo. “Há um estrago muito maior feito nos cavalos por excesso de contato mal-entendido do que por falta de contato.”
Leia mais