Alemanha vence WEG; EUA ficam em 2º e Reino Unido, em 3º

TRYON, EUA — A Alemanha seguiu o favoritismo e ganhou os Jogos Equestres Mundiais (WEG) por equipes. A maior disputa ficou para o segundo posto. Até o intervalo para almoço, quando três dos quatro representantes dos times já haviam entrado em pista, o Reino Unido estava na vice-liderança, com 151,864 pontos, seguido bem de perto pelos Estados Unidos, com 151,599%.

tryon_2018_patrocinadores

Na parte da tarde, Charlotte Dujardin, com Mount St John Freestyle, foi a primeira a entrar, pontuando 77,764%, que foi facilmente ultrapassado pela alemã Isabell Werth e Bella Rose com 84,829%. Restava, portanto, a Laura Graves e Verdades decidirem o pódio.

Último conjunto a entrar, Graves foi amplamente aplaudida — Dujardin e Werth igualmente foram ovacionadas pela plateia antes mesmo de começarem a prova. Graves não bateu a marca de Werth, fazendo 81,537 %, mas superou Dujardin, levando os EUA ao segundo lugar mais alto do pódio.

O Brasil não conseguiu melhorar a sua classificação por equipes. Em todos os WEGs que participou, o País ficou em último lugar, o que se repetiu em Tryon. O Brasil pontou 193.900, atrás do Japão, que fez 199.797 e mostrou que tem trabalhado para a melhora dos cavaleiros com vistas para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Confira a lista completa da classificação por países.

Acompanhe a coletiva de imprensa com as equipes vencedoras:

Depoimentos dos atletas
Finalizado o segundo dia de provas em WEG, os 30 melhores conjuntos passaram para a competição individual, que é dividida em duas partes: na sexta (14/9) ocorre a disputa do GP especial e no domingo (16/9), no GP estilo livre. Veja quem se classificou e a ordem de entrada para o GP especial.

Ao comentar sua prova, Dujardin, que ficou em 5º no GP, elogiou bastante o desempenho de Freestyle e ressaltou por diversas vezes o potencial da égua, que tem apenas nove anos e fez menos de dez competições no grande prêmio antes da estreia em WEG.

Isabell Werth ressaltou a recuperação da égua Bella Rose e comentou o fato de estar competindo com ela e não Weihegold, com quem é número 1 do mundo no ranking da FEI.

Veja também:

Confira os resultados completos e a ordem de entrada para sexta 14/9.

Foto FEI/MARTIN DOKOUPIL

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.