Colocar artificialmente a cabeça “quebra” terceira vértebra, ensina Ingrid Borghoff Troyko

Tentar impor uma colocação artificial de cabeça ocasionará uma falsa posição e ao mesmo tempo a “quebra” da terceira vértebra, que seria o ponto mais alto do pescoço, logo atrás da nuca, ensina Ingrid Borghoff Troyko em seu “Manual de Equitação Fundamental“. No capítulo publicado nesta semana, a amazona e treinadora explica que o ideal no trabalho de contato seria o cavalo procurar o apoio leve nas mãos do cavaleiro, e a estas garantir a sua atitude.

Nesta semana, Adestramento Brasil publica o capítulo nove do livro, que está dedicado a falar do contato do cavalo na embocadura. Troyko lembra que existem vários métodos para se conseguir o contato correto e natural, isto é, um apoio leve e equilibrado nos dois lados da embocadura, chanfro à frente da vertical, pescoço arredondado, boca, ganachas, nuca e pescoço descontraídos.

“Alguns métodos aconselham começar o trabalho já com contato de mãos resistindo contra o movimento ascendente, ao mesmo tempo em que o assento e pernas solicitam este apoio. Outros métodos indicam que se deixem as rédeas mais livres no inicio, para que o cavalo com o tempo procure apoio nas mesmas”, escreve.

>>> Confira a página especial com os capítulos do livro

Em 1975, Ingrid Troyko conquistou medalha de bronze por equipes nos Jogos Pan-Americanos do México; em 1972, foi vice- campeã do Torneio Internacional de Aachen na prova do grande prêmio; e, em 1979, obteve o terceiro lugar por equipes nos Jogos Internacionais de Puerto Rico. A amazona e instrutora de equitação foi também cinco vezes campeã brasileira e obteve várias colocações em competições internacionais na Alemanha, além de ter atuado como juíza internacional de adestramento da Federação Equestre Internacional.

O conteúdo do livro é indicado para cavaleiros e instrutores e atende a todos que queiram aperfeiçoar as técnicas de montaria, com temas de interesse para qualquer modalidade hípica, ensinamentos sobre como trabalhar o cavalo e o cavaleiro corretamente na base e informações técnicas sobre o adestramento básico até o nível médio.


Apoie_AB_PayPalAssim como diversos sites jornalísticos, Adestramento Brasil não fechou o conteúdo para assinantes, mas dependemos do apoio de leitores como você para continuar existindo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.