Presidente da FEI comemora esporte limpo nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio

A Federação Equestre Internacional emitiu um comunicado compartilhando que recebeu a confirmação de que todas as amostras humanas e equinas coletadas durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio em 2020 deram resultado negativo. “Estou muito orgulhoso de poder confirmar que, pelos terceiros jogos consecutivos, todas as amostras humanas e equinas colhidas durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio deram negativo”, afirmou, em nota, o presidente da FEI, Ingmar de Vos.


Apoie_AB

Informação bem apurada, confiável e relevante faz toda a diferença. Enquanto agradecemos a todos apoiadores e anunciantes do site, reforçamos que precisamos da colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.

Clique e seja um apoiador via Paypal. Você que escolhe o valor!

Você também pode contribuir anunciando ou fazendo Pix (contato@adestramentobrasil.com)


“É claro que isso deveria ser usual, mas seria ingênuo pensar que jogos limpos são garantidos em qualquer esporte”, acrescentou.

Como acontece com todos os esportes no Movimento Olímpico, as amostras — incluindo a dos eqüinos — serão mantidas em armazenamento por até dez anos para um possível reteste, à medida que processos aprimorados são desenvolvidos para testar substâncias que não eram detectáveis ​​de forma confiável na época de amostragem.

“Mas, por enquanto, este resultado valida todo o trabalho que foi feito na campanha educacional do Esporte Limpo da FEI (FEI Clean Sport) ao longo dos anos, a adesão de nossas Federações Nacionais e a aceitação de testes pré-chegada e eletivos de equinos para garantir nossos cavalos competiria limpo nos Jogos”, destacou

Na nota, o presidente da FEI elogiou os atletas em todas as três modalidades e nos cinco graus paraolímpicos. “Somos abençoados com atletas sensacionais, tanto equinos quanto humanos. Todos os nossos medalhistas estão de parabéns, mas não só os vencedores, pois o caminho até chegar aos Jogos foi digno de uma medalha. Atletas de todos os esportes tiveram que se apresentar sem o apoio de entes queridos e fãs, mas em nossos dois locais — em Baji Koen e Sea Forest —, as equipes e sua comitiva geraram um grande burburinho”, disse.

Sem comentar a repercussão negativa acerca da eutanásia do Jet Set, cavalo de CCE, e nem a expulsão da técnica alemã na prova de hispimo do pentatlo moderno, Ingmar de Vos disse que recebeu feedbacks muito positivos, mas que há lições aprendidas e principais conclusões. Segundo ele, haverá um debrief completo, que incluirá uma análise abrangente dos formatos. “Parte desse processo levará em consideração o feedback que já recebemos e também estamos entrando em contato proativamente com nossa comunidade para garantir que recebamos muitos comentários. E usaremos o que aprendemos com esses Jogos para avançar para Paris 2024”, apontou.

Testes
O teste em equinos foi conduzido pela FEI nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio sob os Regulamentos de Medicação Controlada e Antidopagem Equina da FEI (EADCMRs) e Regulamentos Veterinários da FEI.

Nos Jogos Olímpicos, um total de 38 testes foram realizados em 24 cavalos diferentes, incluindo todos os medalhistas individuais e cavalos do quarto colocado, além de pelo menos um cavalo das equipes vencedoras de medalhas e quarto colocado. Testes aleatórios também foram realizados, com cavalos selecionados por um aplicativo gerador de números aleatórios, e também testes direcionados.

Um total de 38 testes foram realizados nos Jogos Paraolímpicos em cavalos vencedores de medalhas, além de testes aleatórios e direcionados.

Já nos humanos, o Comitê Olímpico Internacional (COI) delegou a gestão de todo o seu programa antidoping do Jogos Olímpicos à Agência Internacional de Testes (ITA). O ITA é uma organização antidopagem independente sem fins lucrativos. A FEI tem um acordo de longo prazo com a ITA e delega partes de seu programa antidopagem humana à Agência, incluindo a coordenação de testes.

O teste em humanos nos Jogos Paraolímpicos foi conduzido pela Tokyo 2020 em nome do Comitê Paraolímpico Internacional (IPC).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.