Senhorita, Hillarij e Garrido vencem brasileiro de CN 4, 5 e 6 anos

A égua Senhorita V.O., montada por Renderson Oliveira; Hillarij com Marcio da Silva Alexandre e Garrido do Juliana, apresentado por Giovana Pass, conquistaram os títulos de campeões do campeonato brasileiro de cavalos novos nas séries 4, 5 e 6 anos respectivamente. Com oito concorrentes, 4 anos foi a série mais disputada, seguida da de 5 anos, com cinco competidores.

Senhorita (foto) obteve nota 7,36, no sábado, e 7,62, na sexta, classificando-se em ambos os dias em segundo lugar. Mas, quando contabilizadas as notas, a égua de propriedade de José Victor Oliva sagrou-se campeã com nota final de 7,49.

Filha de Ornela (Fist Heinrich, pai da mãe) e Sir Donnerhall (pai), Senhorita nasceu na Alemanha em 26/05/2013 e foi domada na Coudelaria Ilha Verde. A égua é da raça oldenburg. “Ela veio para o Brasil, no pé da mãe dela, para melhorar a qualidade da nossa criação. Devido à sua idade, ela pode seguir em cavalos novos 4 anos até o meio do ano que vem. Ela é a grande esperando para equipe da Ilha Verde devido à qualidade do animal”, contou ao Adestramento Brasil o cavaleiro João Victor Oliva.

O puro sangue lusitano Ícone Santana, montado por Bianca Silva, foi o vice-campeão em 4 anos. A amazona treina há três meses o cavalo, que nasceu em 05/11/2012. “Competimos na Copa CHSA antes de vir para o brasileiro para fazer um teste com ele. Ele tem um super caráter; é um cavalo que cada dia que passa está me surpreendendo”, contou ao AB.

Bianca é treinada por seu pai, o cavaleiro nível GP e medalha de bronze por equipe e 6º no Pan-Americano 2015, Leandro Silva. Ícone venceu no primeiro dia de prova com nota de 7,64 e ficou em sexto no sábado, com 7,10, terminando com nota final de 7,37. “Tanto para o Ícone quanto para mim está sendo algo novo, porque ele está me voltando às pistas. Fiquei um tempo sem competir, porque eu não tinha um proprietário que acreditava em mim como o Marcelo Alves está acreditando agora”, disse.

5 anos
De propriedade de Roberto Ferreira Camargo Pedrosa, do Haras do Drosa, a égua Hillarij — uma sela holandesa filha de Diego e Black Magic MP (mãe) — conquistou o título de campeã 5 anos, após ganhar tanto na sexta (com nota de 7,54) como no sábado (7,98). Ela foi montada por Marcio da Silva Alexandre e terminou o CBA com nota final de 7,76, a mais alta das três séries (4, 5 e 6 anos).

Em vice, ficou Italy AMM (brasileiro de hipismo; pai Sir Donnerhall e mãe Briallette), com Cristiano Augusto da Silva. O conjunto ficou em segundo lugar nos dois dias de provas, com nota de 7,56 no sábado e 7,26 na sexta, totalizando 7,41. O animal pertence à Anna Maria Capella Mantegazza.

Garrido_GiovanaPass
Garrido do Juliana, animal montado por Giovana Pass, em 6 anos

Em 6 anos, o único concorrente foi o puro sangue lusitano Garrido do Juliana, animal montado por Giovana Pass e que vem disputando o campeonato paulista e provas dos rankings da Sociedade Hípica Paulista e Clube Hípico de Santo Amaro. De propriedade da Arena Lusitanos, Garrido é filho de Tulum Comando SN e mãe Nopera HM. A nota final foi de 7,24, sendo 7,30 no sábado e 7,18 na sexta.

“Comecei a montar o Garrido em março deste ano, quando ele estava fazendo a prova de 5 anos e agora ele já está pronto para a prova de 7 anos. Vamos terminar  ranking da Federação Paulista e a seguir ele irá cumprir seu papel de garanhão no haras e cobrir algumas éguas. Ainda não definimos os planos para o ano que vem”, revelou Pass.

>>> Acompanhe a cobertura completa do CDI3* e do CBA

Brasileiro de CNs
As disputas em cavalos novos chamaram a atenção de Luiza Tavares de Almeida, que disputou small tour no CDI3*. “As provas de cavalos novos foram superconcorridas, com novos cavalos de nível muito alto. Isto demonstra como o adestramento e as criações estão evoluindo no Brasil”, disse ao AB. Ao comentar a disputa em CN, Giovana Pass  destacou que, conforme a prova vai ficando mais difícil, menos cavalos vão conseguindo chegar.

Para Sandra Smith de Oliveira Martins, diretora de adestramento da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), houve boa qualidade de cavalos novos. “Isto nos deixou felizes e motivados para ver estes cavalos no futuro. Alguns, além da boa qualidade, estão num trabalho correto, seguindo a escala de treinamento da FEI. Outros ainda precisam confirmar este trabalho. Mas o que vimos foi muito interessante e promissor”, disse.

Na sexta, as reprises foram CBH cavalos novos 4 anos, FEI cavalos novos 5 anos — preliminar ed. 2014, atual 2017 e FEI cavalos novos 6 anos — preliminar ed. 2014, atual 2017. No sábado foram FEI Final cavalos novos 4 anos ed. 2015, atual 2017, FEI cavalos novos 5 anos—final atual 2017 e FEI cavalos novos 6 anos—final atual 2017.COMPRA E VENDA - anuncie

Em 2017, o campeonato brasileiro de cavalos novos ocorre no fim do ano. Em nota, Sandra Smith explicou que a idade hípica dos cavalos vira em agosto e por isto o campeonato era realizado entre junho e julho.

Agora, a exemplo do que ocorre no regulamento CBH dos cavalos novos na modalidade salto, a entidade optou por dar seis meses de carência e permitir que os cavalos possam seguir competindo nas provas específicas de uma mesma idade durante todo o ano.

>> Confira o programa e os resultados finais.

Crédito fotos: divulgação

Anúncios

4 respostas para ‘Senhorita, Hillarij e Garrido vencem brasileiro de CN 4, 5 e 6 anos’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s