Laura Graves e Verdades ganham GP na final da Copa do Mundo FEI

Vitória para Laura Graves e Verdades na primeira prova da final da 33ª edição da Copa do Mundo de Adestramento da Federação Equestre Internacional (FEI). A pergunta que estão fazendo é se a estadunidense de 30 anos vai ganhar da atual detentora do título, a alemã de 48 anos Isabell Werth, com a égua Weihegold OLD. A final está sendo disputada na Accorhotels Arena, em Paris, na França. Nesta sexta (13), foi a prova de grande prêmio e, no sábado, a grande final será o GP estilo livre.  

calhau_interno

Em primeiro lugar, Graves e Verdades  tiveram nota final de 81,413%. Werth com Weihegold OLD, na segunda colocação, fez 78,261%. Em terceiro, classificou-se a também alemã Jessica von Bredow-Werndl com Unee BB e 75,667%. Confira aqui a lista completa dos resultados.

Na final de 2017, em Omaha (EUA), Werth bateu Graves e levou mais um título de campeã da Copa do Mundo. Graves e Verdades haviam obtido, até então, a melhor nota do conjunto no GP estilo livre (85,307%), mas terminaram em segundo, após a alemã alcançar a marca de 90,704%.

Ao ser questionada, na coletiva de imprensa após a competição, sobre como sentia-se sentando ao lado de Werth, Graves afirmou que “é muito assustador, especialmente com uma concorrente tão feroz, porque sei que ela vai montar ainda mais amanhã!”. Perguntada como era ser vice-campeã, Werth não disse: “bem, já que estamos na França, eu apenas digo, c’est la vie!”.

A nota para imprensa diz que, e embora o piaffe e a passage de Weihegold não tenham sido “tão espetacular como sempre”, houve  falta de concentração e a égua não respondeu às ajudas de perna como normalmente o faz ao galope. “Não é nada sério, acontece e isso é muito excitante! Eu não planejei desse jeito, mas vamos tentar fazer o mais difícil possível para a Laura amanhã!”, ressaltou Werth.

Quando perguntada se ela havia tomado a decisão certa sobre qual cavalo trazer para Paris, já que ela também poderia ter escolhido defender seu título com Emilio, ela riu e disse “quando eu ligar para ele [Emilio] hoje, ele vai rir e dizer a culpa é minha que isso aconteceu!”, brincou. Werth adiantou que Emilio está programado para a próxima temporada de provas. “É por isso que eu trouxe Weihe aqui; e espero que amanhã mostremos que foi a decisão certa”, finalizou.

>>> Leia tudo sobre a Copa do Mundo da FEI 

Em 13 de abril, os 18 conjuntos classificados ao longo das etapas de qualificação competiram na primeira final, executando a reprise grande prêmio. Eles foram julgados por um júri composto por sete juízes e os mais bem colocados foram qualificados para se apresentar na segunda final no dia seguinte. A disputa final será a prova de grande prêmio em estilo livre. A ordem de entrada será inversa à classificação, ou seja, do pior ao melhor resultado obtido.

A prova de GP foi julgada por Francis Verbeek (Holanda), Isabelle Judet (França), Susanne Baarup (Dinamarca), Maribel Alonso (México), Janet Foy (EUA), Dr. Evi Eisenhardt (Alemanha) e Irina Maknami (Rússia).

A Copa do Mundo de Adestramento da FEI (FEI World Cup Dressage) foi criada em 1985 e o campeão é decidido na prova freestyle. Para chegar à final, foram dez meses de período de qualificação, ocorrendo em quatro ligas — Europa Ocidental; Europa Central; América do Norte e região do Pacífico.

Em todos seus 33 anos de história, a Copa do Mundo foi vencida apenas por quatro cavaleiros: o alemão Sven Rothenberger, montando Andiamo, em 1990; o estadounidense Steffen Peters com Ravel em 2009; os holandeses Edward Gal com Totilas, em 2010, e Hans Peter Minderhoud com Glock’s Flirt em 2016.

Isabell Werth recebeu o título pela primeira vez em 1992 na final em Gotemburgo, na Suécia. Depois, foi campeã em 2007 em Las Vegas (EUA) e, em 2017, em Omaha (EUA). Com estas vitórias, a amazona aumentou o número de títulos conquistados pela Alemanha para nove, mas o país ainda está atrás da Holanda, que soma 13 vitórias. Os Estados Unidos e a Suíça ganharam duas vezes cada.

>> Confira aqui a página oficial da FEI para as finais da Copa do Mundo. E aqui informações gerais sobre a competição.

Foto: FEI/Liz Gregg

2 respostas para ‘Laura Graves e Verdades ganham GP na final da Copa do Mundo FEI’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s