2ª etapa do Paraequestre tem conjuntos dos graus 1, 2 e 3

A segunda etapa do Campeonato Paulista de Adestramento Paraequestre, embora tenha tido menos concorrentes (apenas três), contou com apresentação de um novo conjunto, que disputou no grau 1. A prova ocorreu junto com a 6ª etapa Ranking de Adestramento da Sociedade Hípica Paulista, no último dia 15/9.

De acordo com o diretor de paraequestre da FPH, Syllas Jadach, a intenção da Federação Paulista de Hipismo é fazer um curso no segundo semestre para juízes e comissários de adestramento paraequestre.

“Já estou em tratativas com a Confederação Brasileira de Hipismo para que o curso aconteça ainda neste ano com objetivo de fomentar o esporte, aumentando número de atletas, de provas e com a realização de provas regionais, fora da capital”, disse o diretor.

“Estamos no meio do campeonato e é importante lembrar que os atletas, ao participarem, estão pontuando para o Troféu Eficiência”, acrescentou Jadach. A etapa teve representante de três graus diferentes, 1, 2 e 3.  Confira os resultados completos.

De Tryon, nos Estados Unidos, o atleta de paraequestre Rodolpho Riskalla disse, em entrevista em vídeo, que quem está começando no paradressage deve, antes de tudo buscar fazer a classificação para saber em que grau se encontra.

“O esporte paraequestre para mim, pessoalmente, abriu várias coisas e me fez a voltar montar cavalos. No Brasil, tem muita equoterapia, mais até que em alguns lugares na Europa”, afirmou.

Entenda o campeonato
No calendário, constam quatro etapas do paulista, a serem realizadas junto com provas da Copa CHSA e do Ranking da SHP. Em entrevista, no ano passado, Syllas Jadach havia revelado o objetivo da FPH em fomentar o paraequestre no Estado. O campeonato começou em 19 de maio com a realização da primeira etapa na Sociedade Hípica Paulista. Em 25 de agosto, ocorre a segunda etapa no Clube Hípico Santo Amaro, onde também será a terceira etapa, no dia 20 de outubro. A final está marcada para 24 de novembro na SHP.

Para o campeonato paraequestre, os atletas têm de ter a classificação do grau realizada por oficial FEI (leia mais abaixo) e o conjunto deve estar registrado na FPH. A inscrição para cada etapa deverá ser realizada no mínimo dois dias antes da prova. De acordo com o regulamento, esta necessidade se dá em razão de consultas aos perfis dos atletas e ajudas permitidas. No campeonato podem disputar concorrentes do grau 1 ao 5.

>>> Confira o calendário atualizado, com programa, ordem de entrada e resultados

O conjunto federado também concorre ao Troféu Eficiência nos mesmos graus em que compete nas provas estaduais. Será vencedor o conjunto que obtiver a maior pontuação, sem descartes, conforme tabela abaixo. Para o Troféu Eficiência, as provas dos Campeonatos Paulista e Brasileiro têm coeficiente 2 e as demais, coeficiente 1. É obrigatória a participação em pelo menos metade (50%) das provas do Campeonato Paulista para concorrer ao Troféu Eficiência.

pontuacao_CPA_Trofeu_Eficiencia

 

WhatsApp

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.