Seis novos recordes contabilizados após inclusão de notas do ranking da FHBr

Seis categorias tiveram seus recordes de notas alterados após a inclusão dos resultados das provas do Ranking de Adestramento da Federação Hípica de Brasília (FHbr) e do Campeonato Brasiliense de Adestramento. Em três casos — iniciante amador, elementar amador e forte 1 amador , os porcentuais finais passaram dos 70%. Veja como ficou o Recordes do Ano, uma iniciativa de Adestramento Brasil, que compila e compartilha os melhores resultados das provas oficiais. 

Recordes_2019-08-15
Amplie a imagem | Confira o documento completo

As notas do Ranking de Adestramento da FHBr estão, no geral, bem mais elevadas que as observadas em São Paulo, onde, normalmente, as competições têm no júri de campo juízes nacionais oficiais e internacionais.

Depois do sucesso no ano passadoAdestramento Brasil segue contabilizando as notas mais altas obtidas por conjuntos em provas oficiais de federações e da Confederação Brasileira de Hipismo. O objetivo com é fornecer de maneira clara um panorama de como está a evolução dos conjuntos ao longo da temporada.

>>> Acompanhe: Recordes 2019 | Recordes 2018 <<<

Para efeito do recorde do ano, serão consideradas apenas provas oficiais de federações, como o campeonatos estaduais e provas de rankings, e da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), como concursos nacionais de adestramento (CAN), Desafio Brasil, Campeonato Brasileiro (CBA) e Taça Brasil. Adestramento Brasil computa as notas entre a iniciante e grande prêmio, amador e profissional, observando quantidade de conjuntos nas provas.

Apenas serão computados os resultados publicados em documentos oficiais. No entanto, cabe ressaltar que poucas federações e clubes divulgam os resultados nos sites e/ou enviam para a imprensa. Não serão válidas as provas internacionais.

No ano passado, devido à disparidade das notas, Adestramento Brasil decidiu não incluir os resultados do Campeonato Paranaense de Adestramento 2018 nos Recordes do Ano. Com porcentuais finais acima dos 75% em diversas categorias e séries, as notas destoaram dos resultados alcançados pelos conjuntos em outras regiões do Brasil.  Por exemplo, o conjunto que ganhou a elementar amador registrou 77,325%, o de preliminar amador fez 75,51% e o mirim, 72,332%. As notas foram ainda maiores nas categorias mais altas: na média 1 profissional foi de 77,205%, na média 2 profissional, 78,205%; na média 2 amador, 82,18%; na forte 1, 76,39% e na forte 2 (intermediária), 79,73%.

Confira os resultados completos das etapas do Ranking da FHBr:

  • 1ª etapa do Ranking de Adestramento da FHBr — RCG (Regimento de Cavalaria e Guarda) => Resultados
  • 2ª etapa do Ranking de Adestramento da FHBr — BBC (Brasilia Country Club) => Resultados
  • 3ª etapa do Ranking de Adestramento da FHBr — CHP (Centro Hípico do Parque) => Resultados
  • 4ª etapa do Ranking de Adestramento da FHBr — RCG (Regimento de Cavalaria e Guarda) => Resultados
  • 5ª e 6ª etapa do Ranking de Adestramento da FHBr, válidas como Campeonato Brasiliense de Adestramento— CPHG (Centro Paraequestre Hípico do Gama) => Resultados

Apoie_AB_PayPalAssim como diversos sites jornalísticos, Adestramento Brasil não fechou o conteúdo para assinantes, mas convida os leitores a colaborar financeiramente com a produção editorial. 

3 respostas para ‘Seis novos recordes contabilizados após inclusão de notas do ranking da FHBr’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.