Após medalhas de ouro e prata, Isabell Werth aposenta Bella Rose 2

Os Jogos Olímpicos de Tóquio marcaram o encerramento de uma grande carreira; o término de uma trajetória marcada por grandes conquistas, mesmo após ter ficado afastada por 3,5 anos das competições devido a uma lesão. Após conquistar medalhas de ouro por equipe e prata individual na sela de Isabell Werth, a aposentadoria da égua Bella Rose 2, de 17 anos e filha de Belíssimo, foi anunciada. Junto com Gigolo e Satchmo, Bella Rose completa a lista de cavalos mais importantes da vida de Werth, dona de seis medalhas olímpicas de ouro por equipe e uma individual e mais cinco individuais de prata. Bella Rose 2 foi o melhor animal que já montou, a melhor que já teve, a única capaz de fazer tudo e de fazê-la sentir que sempre havia algo mais possível, “o que a torna tão incrível”, nas palavras da amazona.

Apoie_AB

Informação bem apurada, confiável e relevante faz toda a diferença. Enquanto agradecemos a todos apoiadores e anunciantes do site, reforçamos que precisamos da colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.Clique e seja um apoiador via Paypal. Você que escolhe o valor! Você também pode contribuir anunciando ou fazendo Pix (contato@adestramentobrasil.com)

Isabell Werth se isolou em sua fazenda perto de Düsseldorf, na Alemanha, durante a pandemia. De lá que ela concedeu uma longa entrevista à Federação Equestre Internacional (FEI), da qual  Adestramento Brasil publicou os principais trechos (leia matéria completa aqui), incluindo, o sonho de Werth de ir com Bella Rose às Olimpíadas. E assim o fez.

Em Tóquio, Bella Rose, aos 17 anos, mostrou o porquê de Werth vê-la como montaria tão especial. Ao se aposentar, Bella Rose e Isabell saem como nº 1 no ranking mundial encerrado em 31 de julho, um lugar onde estão consolidadas há 25 meses.

Werth e Bella Rose já haviam levado os primeiros lugares no GP e no GPS dos Jogos Equestres Mundiais (WEG) de Tryon, em 2018 (confira cobertura exclusiva deste noticiário). O desempenho de Bella Rose, égua westfalen à época com 14 anos, nas duas provas em Tryon, mostrou que a aposta de colocá-la em uma grande competição estava correta.

Após completar o GP no WEG-Tryon, Werth falou à imprensa sobre sua satisfação com a prova. “Perguntam por que Bella Rose e não Weihegold, número 1 do mundo. Mas não foi uma decisão contra os outros cavalos, mas a favor dela, que é excepcional”, afirmou. “Eu sabia que ela podia e acreditava nela, mas nunca se sabe, então fico muito feliz com o desempenho”, disse, explicando que a recuperação de Bella Rose foi lenta (veja matéria e vídeo da prova).

A égua de 17 anos

Isabell Werth e Madeleine Winter-Schulze, proprietária de Bella Rose, vão decidir sobre a competição na qual farão o rito de aposentadoria de Bella Rose (Belissimo x Cacir).

Segundo publicou o Dressage-News, Bella Rose participou de total de 45 grandes prêmios internacionais de maio de 2013 até as Olimpíadas de Tóquio. Nos primeiros 18 meses, a parceria Werth-Bella Rose disputou 16 competições, obtendo nove vitórias e incluiu levar a Alemanha ao ouro por equipe nos Jogos Equestres Mundiais de 2014, na Normandia.

“Pouco depois, Bella Rose saiu das competições. A égua e a cavaleira, no entanto, acabaram sendo mais persistentes do que a lesão que as manteve fora da arena até junho de 2018. De suas primeiras vitórias em Fritzens, na Áustria, Isabell Werth qe Bella Rose chegaram a 23 vitórias consecutivas”, escreveu o Dressage-News.

Depois de dominar o lugar mais alto do pódio nos Jogos Mundiais de Tryon, em 2018, o conjunto levou o ouro por equipe e também o ouro individual no Campeonato Europeu de 2019. Em seguida, ganharam o freestyle com uma pontuação de mais de 90%, como ela havia feito no Festival Equestre Mundial em Aachen, na Alemanha, um mês mais cedo. Naquela época, apenas Isabell com Weihegold OLD; Charlotte Dujardin com Valegro; Edward Gal com Totilas; Helen Langehanenberg com Damon Hill e Sönke Rothenberger com Cosmo estavam no clube dos 90%. Mais recentemente, Dorothee Schneider com Showtime pontuou na casa do 90% nos Europeu e Jessica von Bredow-Werndl e TSF Dalera BB, em Tóquio, também atingiram o porcentual.

Foto: Copyright © FEI/Christophe Taniére

Uma resposta para “Após medalhas de ouro e prata, Isabell Werth aposenta Bella Rose 2”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.