CBH recua e volta a incluir amador top

Após ter retirado a série iniciante e as categorias juvenil e amador top do regulamento, na versão divulgada em fevereiro, a Confederação Brasileira de Hipismo publicou uma atualização do documento e incluiu amador top — juvenil e iniciante permaneceram excluídas. “Apesar de que a posição majoritária das federações era pela extinção da categoria amador top, atendendo a uma petição bem fundamentada apresentada pela comissão de atletas da CBH, fizemos uma emenda pontual no regulamento para manter essa categoria, justificou o diretor de adestramento da CBH, Sergio de Fiori, quando questionado sobre a alteração.

https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=J56ZYZZLKPPV4&source=url

A categoria amador top até agora era disputada nas reprises prêmio São Jorge, intermediária 1 e estilo livre inter 1. Pelo novo regulamento, a amador top estará contemplada no Campeonato Brasileiro (CBA), podendo ser incluída nos concursos nacionais.

O Campeonato Brasileiro Amador Top é aberto somente para atletas acima de 18 anos e todos deverão apresentar o Termo de Amador, assinado, na reunião de chefes de equipe. Será disputado em dois dias, o primeiro na reprise FEI São Jorge e o segundo na reprise FEI jovens cavaleiros estilo livre.

Neste ano, a CBH fez uma série de ajustes no regulamento. Com o fim da juvenil, atletas que não estejam em suas categorias — como pônei escola, minimirim, mirim, juniores e jovens cavaleiros — concorrem, em igualdade de condições, com seniores amadores (acima de 18 anos), no que a CBH chamou de categoria aberta. Segue a distinção entre amadores e profissionais. Leia matéria anterior aqui.

Opinião do Adestramento Brasil

Este noticiário entende a demanda pela categoria amador top, para que atletas que cheguem ao nível da forte 2 não disputem com profissionais que têm, normalmente, muito mais experiência. É um incentivo ao esporte, assim como é benéfico que federações estaduais e de clubes criem mecanismos para fomentar o adestramento na base.

Um exemplo positivo é a série estreante que começou no Clube Hípico de Santo Amaro e ganhou espaço entre outras hípicas, passando, inclusive, a constar no regulamento da Federação Paulista de Hipismo. Ter uma reprise sem a exigência do galope atrai aqueles que ainda não se sentem confiantes para apresentarem-se ao galope. O mesmo vale para série iniciante (preparando o conjunto para a elementar) e para categoria escola usada em rankings de clubes e que funciona muito bem para incentivar os alunos de equitação a competir.

Contudo, para fomentar o esporte, é preciso colocar regras claras sobre transição entre as séries e especificar quando um mesmo conjunto pode regredir de série ou de categoria.

Alguns exemplos:

No caso da amador top, já houve casos de conjuntos competirem em CDI (e, portanto, disputando em igualdade de condições com seniores/profissionais) e depois voltarem, no mesmo ano, aos rankings de clubes, federações e no Campeonato Brasileiro, a disputar na amador top ou amador. Não parece justo e correto competir em um internacional como sênior e depois, em provas nacionais, como amador.

Também é permitido que um mesmo conjunto dispute a média 2 amador e depois passe a competir (no mesmo semestre ou ano) na preliminar amador. Não existe, hoje, uma regra que especifique quando tal movimentação pode acontecer, como, por exemplo, depois de tantos meses (ou anos) de um conjunto ficar fora de provas ou, caso tenha disputado apenas uma vez uma série mais alta e não tenha atingido um porcentual final de X%, o conjunto pode optar por disputar uma série inferior.

O mesmo poderia valer para subir de série: por exemplo, depois de competindo determinado tempo na série/categoria e obtendo determinada nota final, o conjunto passa a ter de ir para a próxima série.

E ainda é preciso estabelecer quando um atleta deixa de ser profissional ou sênior e pode voltar a competir como amador. Já houve caso de atleta em um ano concorrer como sênior e, no seguinte, como amador.

Fomentar o esporte passa por esclarecer e ajustar distorções existentes.

Confira os documentos:

Uma resposta para “CBH recua e volta a incluir amador top”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.