Ranking SHP começa dia 3/3; confira o programa

A primeira etapa do ranking de adestramento da Sociedade Hípica Paulista, válida como 2ª etapa do Campeonato Paulista de Adestramento (CPA), ocorre dia 3 de março e terá no júri de campo os juízes Claudia Moreira de Mesquita, Marcio Navarro de Camargo e Rosalind Flosi de Vasconcellos Macedo.

De acordo com o programa (clique aqui para ver), divulgado nesta quinta-feira (22/02), as inscrições devem ser enviados para o email adestramento@shp.org.br com cópia para adestramento@fph.com.br, até 27/02, às 18h. Os pagamentos devem ser realizados por meio de cartão de débito, cheque ou em espécie na secretaria da Sociedade Hípica Paulista. Não serão aceitos pagamentos com cartão de crédito.

Neste ano, o campeonato paulista conta com dez etapas, além da prova estadual Taça São Paulo, disputada em 30 de junho na SHP.  Para concorrer ao título paulista, o conjunto precisa participar em três etapas do calendário mais, obrigatoriamente, da Taça São Paulo e da etapa final, que ocorre dia 1º de dezembro no Clube Hípico de Santo Amaro e tem peso dois.

A SHP não publica as regras de seu ranking no site. Com base no que foi aplicado em 2017, para concorrer à premiação de campeão e vice, os conjuntos têm de participar de, no mínimo, quatro etapas para amadores e cinco para profissionais, em um total de oito etapas. Ganha a maior somatória das notas.

Leia também:

Para que os resultados sejam válidos para o Campeonato Paulista de Adestramento e para o Troféu Eficiência, cavalo e cavaleiro devem estar com seu registro válido na Federação Paulista de Hipismo. Caso contrário, os resultados somente serão válidos para o ranking interno da entidade. Para validar o registro é necessário efetuar ou renovar o cadastro na FPH e realizar o pagamento da taxa anual.

Na prova, cada cavalo poderá ter duas participações e o número de cavalos para cada concorrente será livre. As reprises a serem executadas são as de número 1. Está permitido o uso de chicote nas series cavalos novos 4 e 5 anos, pônei, iniciante e minimirim e na categoria amador nas séries elementar, preliminar, média 1 e média 2.

Com relação à embocadura, os concorrentes de qualquer categoria poderão utilizar o bridão ou freio-bridão, de acordo com o quadro de embocaduras permitidas no Regulamento da CBH, para executarem as suas reprises até a série forte 1 (inclusive). As séries forte 2 e especial deverão ser executadas obrigatoriamente de freio-bridão. As séries de cavalos novos deverão ser executadas de bridão, de acordo com regulamentação específica.

calhau_interno

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.