Campeonato paulista exige participação em cinco etapas, sendo duas obrigatórias

Para concorrer ao campeonato paulista de adestramento (CPA), o conjunto precisa competir em três provas do calendário oficial, além da participação obrigatória na Taça São Paulo e na etapa final, que terá peso dois. As regras válidas para este ano foram divulgadas nesta terça-feira (6/2), juntamente com o regulamento 2018 da entidade.

Disputado em dez etapas (menos que em 2017), o campeonato paulista ocorre conjuntamente com etapas da Copa CHSA e dos rankings da SHP e da ABPSL (veja calendário 2018). Quem participar de mais etapas contará com descarte dos piores resultados. Serão consagrados campeão e vice em cada série e categoria, tanto amadores como profissionais.

Assim como no ano passado, a contagem de pontos segue uma tabela (abaixo) que leva em conta a classificação do conjunto em relação à quantidade de competidores. A mesma tabela é usada para a somatória de pontuação para o Troféu Eficiência. Caso haja empate na soma dos resultados finais de dois ou mais conjuntos, ganha quem tiver alcançado o melhor resultado na última prova do campeonato.pontuacao_CPA_Trofeu_Eficiencia

Para efeito de campeonato somente serão considerados os resultados do mesmo conjunto (cavalo/cavaleiro), não sendo admitida a troca de cavalos ou cavaleiros para efeito de contagem de pontos. Todos os conjuntos devem estar com o registro válido na Federação Paulista de Hipismo. Leia matéria sobre os valores sobrados neste ano pela FPH.

>>> Conheça as regras da Copa CHSA e dos rankings da SHP e ABPSL

Uma novidade para 2018 é a realização da Taça São Paulo em junho. De acordo com Luis Augusto Pacheco Ambar, diretor de adestramento da Federação Paulista de Hipismo, a ideia é incentivar os conjuntos com uma premiação no meio da temporada. Para a Taça São Paulo, poderão participar amadores e profissionais e ela será uma etapa obrigatária para o CPA.

calhau_interno

Troféu Eficiência
Enquanto, no campeonato paulista, há possibilidade de descartes, no Troféu Eficiência ganha por somatória de pontos, sendo necessária a participação em pelo menos 40% das provas que constam do calendário oficial da FPH. Ou seja, quem participa mais aumenta as chances de consagrar-se campeão.

Os vencedores do Troféu Eficiência 2017 já foram revelados, mas a data da entrega da premiação ainda não está definida.

Para o Troféu Eficiência, as provas terão coeficientes diferentes, segundo a FPH, o intuito é fomentar a participação nos eventos estaduais e paulistas. As etapas do campeonato paulista têm coeficiente x 2; as de campeonatos estaduais, temporadas e regionais também peso dois; a Taça São Paulo tem coeficiente simples x 1; o campeonato brasileiro tem coeficiente x 2 e os campeonatos nacionais (CNA) e campeonatos internacionais (CDI) têm coeficiente simples x 1.


trofeu_eficiencia

 WhatsApp

Anúncios

6 respostas para ‘Campeonato paulista exige participação em cinco etapas, sendo duas obrigatórias’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s