Lima 2019: cavalos do Brasil aprovados no vet check; animal da Colômbia vai para reinspeção

LIMA, Peru — Todos os cinco cavalos da delegação brasileira de adestramento nos Jogos Pan-Americanos passaram na inspeção veterinária realizada na manhã desta sexta-feira 26/07 na Escola de Equitação do Exército, onde ocorrem as provas de hipismo no Pan de Lima. De todos os cavalos que se apresentaram no vet check, apenas Salice Salentino, da delegação da Colômbia, ficou no holding box e deverá ser reapresentado neste sábado 27/07 na reinspeção.

Logo-Sasa_limaO Brasil foi o primeiro a passar os animais no vet check. Todos os animais que viajaram a Lima, os quatro titulares e o reserva, se apresentaram. João Victor Marcari Oliva inaugurou a pista com Biso das Lezírias. Na sequência, passou Pedro Tavares de Almeida com Aoleo, seguido de João Paulo dos Santos com Cathargo Comando SN e Leandro Aparecido da Silva com DiCaprio. Mauro Pereira da Silva Júnior com Don Enrico AMM fechou a participação brasileira.

Todos os animais do Brasil foram considerados aptos a competir. O nome de quem será o reserva da equipe ainda não foi divulgado pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Alguns animais tiveram de passar por duas vezes na pista do vet check, incluindo um da equipe dos Estados Unidos, mas todos, exceto o Salice Salentino, foram aceitos.

Susto — Enquanto ocorria a inspeção veterinária, um animal dos Estados Unidos escapou e saiu correndo pela pista onde os cavalos e as equipes aguardavam a vez de passar pelo vet check. Felizmente, o animal foi pego e não causou problemas com os demais.

Competições em Lima
O vet check é a primeira etapa da disputa, uma vez que aprova (ou não) os cavalos para as provas. O primeiro dia de provas montadas será no domingo 28/7 com as reprises prêmio São Jorge para os conjuntos de small tour e grande prêmio para os de big tour, valendo para qualificação por equipe e individual.

No dia seguinte, 29/7, os conjuntos têm de executar as reprise intermediária 1 (small tour) e grande prêmio especial (big tour). Todos os conjuntos que fizerem pontuação maior que 58% estão aptos a disputar as provas de inter 1 e GPS, que valem para competição por equipe e como segunda classificatória individual. É nesta etapa que são definidas as medalhas de ouro, prata e bronze por equipe.

Os conjuntos qualificados para competir a final são submetidos à nova checagem veterinária, no dia 30/07. Eles retornam às pistas para disputar as medalhas de ouro, prata e bronze individuais, no dia 31/7, quando terão de se apresentar com música, no freestyle (inter 1 e GP). Para a competição individual, podem competir três conjuntos por país. Participam da final, 50% dos conjuntos de small tour e 50% de big tour entre mais bem-pontuados, exceto aqueles que não atingiram o índice de 58% na pontuação final.


Apoie_AB_PayPalAssim como diversos sites jornalísticos, Adestramento Brasil não fechou o conteúdo para assinantes, mas dependemos do apoio de leitores como você para continuar existindo. 

2 respostas para ‘Lima 2019: cavalos do Brasil aprovados no vet check; animal da Colômbia vai para reinspeção’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.