Tag: Big tour

Após estrear Baluarte, Luiza Almeida competirá em mais GPs para melhorar desempenho

A segunda semana de provas no CDI 3* de Cascais, em Portugal, marcou a estreia do conjunto Luiza Tavares de Almeida e Baluarte do Vouga em big tour. “Eu fiquei muito feliz de ter levado o Baluarte para o mais alto nível e sabemos que nem todos os cavalos chegam lá, aliás, a maioria deles”, disse a amazona. “Foi uma prova, no geral, bem OK para estreia. O CDI foi muito forte, com juízes duros e concorrentes fortes, então, no geral, pelas circunstâncias e, por ser a primeira vez dele fazendo GP e em um CDI destes, eu fiquei feliz”, avaliou.
Leia mais

Novas reprises nacionais já estão valendo

As provas de adestramento passam a contar com novas reprises em 2020, conforme este noticiário havia adiantado. A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) publicou, nessa semana, em seu site os novos testes válidos a partir da temporada deste ano. Porém, apenas estão disponíveis as versões em inglês.
Leia mais

Reprises FEI atualizadas já estão valendo

As reprises internacionais atualizadas da Federação Equestre Internacional (FEI) passaram a valer em 1º de janeiro deste ano. Entre os testes que tiveram mudanças estão intermediária 1, intermediária A, intermediária B, intermediária 2 e grande prêmio. Leia mais

Cathrine Dufour desbanca Werth e vence Saab Top 10

A dinamarquesa Cathrine Dufour montando Atterupgaards Cassidy desbancou a alemã Isabell Werth na prova de GP estilo livre e venceu o concorrido Saab Top, durante o Sweden Internacional Horse Show, realizado de 28/11 a 1/12 em Estocolmo. O Saab Top 10 Dressage seleciona os melhores cavaleiros do mundo tomando como base o FEI World Ranking List em 30 de setembro. Neste ano, a competição distribuiu um total de 2,5 milhões coroas sueca, equivalente a 1,10 milhão de reais, aos mais bem-colocados.
Leia mais

João Victor Oliva fica em 2º no GPS no CDI 3* de Moscou

João Victor Marcari Oliva conquistou a segunda colocação na prova de grande prêmio especial no CDI 3* de Moscou, realizado no último fim de semana na capital da Rússia. O brasileiro fez 65,149% e ficou atrás da russa Olga Ivanova, que pontuou 69,149% com  Avans. No total, oito conjuntos disputaram o GPS. Com 63,426%, Edneu José Senhorini terminou em quinto com Xiripiti. Leia mais